F1

Alonso nega plano concreto para futuro, mas rejeita ideia de temporada com 25 corridas na F1: “Eu me aposento”

Fernando Alonso ameaçou se aposentar se o Liberty Media levar adiante a ideia de fazer uma temporada com 25 corridas. Asturiano avisou que ainda não tem um plano concreto para 2018, mas deixou claro que sair da McLaren é uma opção
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Fernando Alonso (Foto: Steven Tee/LAT Images)

Fernando Alonso ainda não sabe o que vai fazer em 2018, mas já tem uma coisa clara: não seguirá na F1 se o Liberty Media levar adiante o plano de aumentar para 25 o número de corridas na temporada.
 
Os novos donos do Mundial consideram a possibilidade de ampliar o número de corridas para leva a F1 para o que Chase Carey, o novo chefão da categoria, definiu como “cidades destino”, como Miami, Las Vegas ou Nova York, todas nos Estados Unidos.
Fernando Alonso ameaçou se aposentar se F1 passar a ter 25 corridas por temporada (Foto: Carsten Horst/Hyset)

“Tenho de ver o que eles planejam fazer”, disse Alonso em entrevista ao programa Planeta Calleja, da TV espanhola Mediaset. “Li que eles querem fazer um campeonato de 25 corridas. Quando comecei na F1, eram 16, agora são 20”, seguiu.
 
“Se eles me disseram que terão 25, eu me aposento!”, avisou.
 
Ainda, Alonso afirmou que a participação nas 500 Milhas de Indianápolis não modificou seu planejamento para a próxima temporada.
 
“Vamos ver. Eu estaria mentido se dissesse para você agora que tenho um plano concreto”, afirmou Alonso. “Eu posso ir para outro time, não sei se a Mercedes ou outro time. Se a Renault começar a dominar, eu não sei”, comentou.
 
“Se em junho ou julho um time ligar, acho que teríamos uma chance, mas tudo tem de ser conversado”, ponderou. “Acho que talvez a Red Bull seja a única porta fechada, porque eles já têm jovens pilotos com contratos longos”, concluiu.
TÉO JOSÉ ACERTA PALPITE VENCEDOR DA INDY 500: ASSISTA