Alonso vê aposentadoria longe e promete seguir nas pistas “por mais seis ou sete anos”

Aposentadoria das pistas? Fernando Alonso está voltando à Fórmula 1 e, por isso, sequer cogita tal hipótese no momento

Ele recém assinou contrato para voltar à Fórmula 1 e, por isso, Fernando Alonso sequer cogita aposentadoria, mesmo aos 39 anos. É o que o próprio piloto garante – e também que vai seguir nas pistas por um bom tempo.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

FÓRMULA 1; FERNANDO ALONSO; RENAULT;
Fernando Alonso já vestiu macacão e iniciou os trabalhos visando 2021 na Renault (Foto: Renault)

Em entrevista a um canal espanhol do YouTube chamado DJMariio, Alonso deu uma previsão de continuidade de sua carreira: “A vida pode mudar, pode dar voltas inesperadas… Mas uma coisa posso garantir: que pelos próximos seis ou sete anos estarei ativo 100%”, afirmou.

Alonso também disse não temer chegar a hora em que a aposentadoria seja inevitável: “Não é que tenha medo. O necessário é entender ou não quando o momento chegar. E vai chegar para mim, seja em 2025, 2030 ou 2035…”

“Não sei quando, mas um dia irei ao GP da Espanha apenas para visitá-lo e aproveitá-lo, e estarei por ali caminhando no paddock passando totalmente despercebido”, concluiu.

As declarações vão ao encontro do que o espanhol disse ao As, jornal de Madri: que voltou à F1 porque ama pilotar. “Volto feliz, preparado, volto depois de dois anos desconectados, com as baterias carregadas, e vou pilotar a cada 15 dias os carros mais sofisticados do mundo do esporte a motor, de modo que volto com essa ideia.”

Alonso assinou com a Renault por tempo não especificado, mas fala abertamente em continuar, ao menos, até 2022 na F1, já que é o ano em que o regulamento muda.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube