AlphaTauri aponta falha no ERS como causa de incêndio em carro de Gasly no Bahrein

AlphaTauri entende que o ERS - motor de recuperação de energia - foi provável causador do incêndio na parte traseira do carro. Troca do componente está em avaliação

FERRARI ESTÁ DE VOLTA E NOVAS REGRAS EMBARALHAM FÓRMULA 1 2022 | Paddock GP #279

O carro de Pierre Gasly foi o primeiro a apresentar um problema na temporada 2022 da Fórmula 1. Na volta 46 do GP do Bahrein, o motor da AlphaTauri #10 teve uma pane e, quando o francês encostou o bólido na pista, um incêndio começou a arder na traseira da AT03. Ao término da corrida, a equipe avaliou que um problema no motor de recuperação de energia (ERS) foi a provável causa das chamas na parte traseira que causaram o abandono.

As irmãs Red Bull e AlphaTauri passaram por momentos complicados no GP do Bahrein. Os carros de Max Verstappen e Sergio Pérez apresentaram falhas no sistema de combustível que geraram o abandono de ambos nas voltas finais. Antes disso, entretanto, foi a AlphaTauri de Gasly já havia apresentado a falha no motor e promoveu a entrada do único safety-car no Bahrein.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Pierre Gasly teve de sair pulando do carro em chamas (Reprodução: F1)

Depois da corrida, o piloto francês afirmou que o carro simplesmente parou de funcionar sem nenhum aviso prévio. “Literalmente, eu não fui informado, o que é muito estranho”, revelou em entrevista à revista inglesa Autosport.

Com o chamuscado AlphaTauri de volta à garagem, o corpo técnico da equipe inspecionou o carro e, segundo o diretor-técnico, Jody Egginton, um problema no motor de recuperação de energia (ERS) pode ser o motivo que fez o motor apagar. “Foi uma falha instantânea, uma perda total de energia. No momento, está potencialmente relacionado à bateria, não sabemos exatamente”, apontou.

“Ainda estamos investigando. Temos que encontrar a falha primeiro, mas, provavelmente, teremos que trocar um elemento da unidade de potência”, acrescentou.

A outra preocupação dos mecânicos é com os danos causados pelo incêndio, que podem promover algumas trocas em elementos posicionados na parte de trás do carro. “Ainda estamos avaliando, mas, no mínimo, a suspensão traseira e muita fiação serão novas, pois a carenagem foi chamuscada”, afirmou Egginton.

Pierre Gasly saiu zerado do GP do Bahrein (Foto: AlphaTauri)

“Vamos avaliar a bateria e o sistema de recuperação de energia, porque há muito material de extintor de incêndio no carro. Na pior das hipóteses, é um elemento da unidade de potência e um do chassi, mas no momento é muito cedo para dizer”, declarou.

Caso seja um dano no ERS, a AlphaTauri estará diante de uma grande complicação: caso seja necessária uma troca no elemento, a equipe terá que fazer a primeira substituição de duas permitidas em regulamento logo na segunda das 21 corridas confirmadas para a temporada.

O GP da Arábia Saudita acontece neste domingo (27), a partir das 14h. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e EM TEMPO REAL.

Leia também

+Mercedes sai no lucro com pódio no Bahrein, mas até quando? Jornalistas debatem
+Sainz precisa se acostumar com palcos grandes para ser mais competitivo, diz Gabriel Carvalho

BAHREIN CONFIRMA SUSPEITA: FERRARI É CANDIDATA AO TÍTULO DA FÓRMULA 1 2022
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar