Arrivabene fala em amadurecimento da Ferrari e elogia “leão” Vettel: “Essa é a equipe que quero para mim”

Chefe da Ferrari, Maurizio Arrivabene se mostrou feliz com o crescimento da equipe italiana e afirmou que agora o time é aquilo que ele mesmo esperava no início do ano. O dirigente elogiou a capacidade de reação de seus subordinados e falou com otimismo sobre o futuro

Maurizio Arrivabene considera que a Ferrari amadureceu enquanto equipe e que atingiu os objetivos que ele próprio traçou para o time vermelho ainda no início da temporada.

O dirigente italiano assumiu o cargo de chefe da mais tradicional esquadra da F1 no fim do ano passado, com a meta de recolocar Maranello no caminho das vitórias. E conseguiu. Até o momento, Sebastian Vettel conquistou dois triunfos em 2015 e segue em terceiro no Mundial de Pilotos, atrás apenas dos dois concorrentes da Mercedes. A Ferrari, além disso, é a segunda força do campeonato.

Kimi Räikkönen, Maurizio Arrivabene e Sebastian Vettel no fim de semana festivo da Ferrari (Foto: Ferrari)

Arrivabene se disse contente pelo ambiente criado nos boxes italianos e pelo espírito de equipe que todos compartilham, mesmo em fins de semana complicados, como foi o de Spa-Francorchamps. Na Bélgica, Vettel perdeu a chance de pódio depois de um estouro de pneu na parte final da corrida, enquanto Kimi Räikkönen precisou se recuperar na prova após largar do fundo do grid.

"A beleza, se é que podemos chamar assim, da corrida em Spa é que nós vimos um grande trabalho da equipe durante todo o fim de semana", disse o chefe da esquadra italiana. "Na sexta e no sábado, tivemos diversos problemas e todos lidaram de maneira fantástica com os contratempos. Então, é essa a equipe que eu quero", completou.

"Esse é o primeiro ponto, o segundo é que os dois pilotos fizeram um trabalho muito bom. Seb estava lutando como um leão e é este tipo de piloto que eu quero na minha equipe. Kimi também, especialmente porque sua corrida começou no fundo do grid, mas ele foi ganhando posições e chegou em sétimo. Acho que tudo é um bom sinal e mostra o quanto a equipe cresceu e amadureceu", acrescentou.

Arrivabene ainda afirmou que as duas últimas corridas provaram a força da equipe. "Estou orgulhoso do trabalho que esses caras estão fazendo em termos de reação. O primeiro sinal foi na Hungria. Na sexta-feira, nós enfrentamos todo o tipo de problema, mas o trabalho realizado depois foi inacreditável", concluiu o dirigente.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube