Às vésperas do início da segunda parte da temporada, Nasr mira GPs da Bélgica e Itália, mas evita projetar resultados

Em prévia divulgada pela Sauber sobre a ‘dobradinha’ de GPs nesta abertura da segunda parte do campeonato, Felipe Nasr evitou falar sobre expectativa de resultados e preferiu abordar aspectos técnicos de Spa-Francorchamps e Monza, dois circuitos históricos e únicos na visão do brasileiro, que chegou a viver perto do circuito italiano quando começou sua carreira na Europa

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Depois de praticamente um mês de férias, a F1 volta à ativa neste fim de semana para a disputa do GP da Bélgica, a 13ª etapa da temporada 2016. Uma semana depois, a categoria vai à Monza para realizar o GP da Itália, uma das mais tradicionais provas de todo o calendário. Felipe Nasr encara a dobradinha de corridas sem projetar resultados, preferindo ressaltar os aspectos históricos e técnicos dos circuitos clássicos de Spa-Francorchamps e Monza.
 
A expectativa da Sauber, contudo, é de alguma melhora em razão das atualizações que serão implementadas no C35 a partir deste fim de semana.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Felipe Nasr preferiu não falar em resultados pouco antes da dobradinha de GPs de Bélgica e Itália (Foto: Getty Images)
“Spa-Francorchamps é a abertura da segunda parte da temporada e meu circuito favorito no calendário. A pista é única, compreendendo alta velocidade e uma grande combinação de curvas. Como piloto, você tem de conseguir fluir bem diante destas combinações de curvas”, declarou o brasiliense, que completou 24 anos no último domingo (21), em prévia divulgada pela equipe Sauber.

Neste tempo de pausa da F1, Nasr esteve em sua cidade-natal, Brasília, para ter um encontro com o presidente em exercício, Michel Temer. Em pauta, segundo informa o blog do jornalista Lauro Jardim, esteve a discussão de uma possível ajuda para Felipe ir para a Renault. Contudo, o piloto saiu "de mãos abanando".
 
“Quanto ao aspecto técnico, a combinação de baixo downforce e tração é essencial para ser competitivo”, ressaltou Nasr, que vai para a Bélgica com a mesma combinação de pneus escolhida pelo seu companheiro de equipe, Marcus Ericsson: um jogo de pneus médios, cinco de macios e sete de supermacios.
 
No ano passado, a Sauber beliscou um ponto em Spa-Francorchamps, justamente com Ericsson, décimo colocado. Nasr terminou logo atrás, em 11º.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Felipe também falou sobre detalhes técnicos do palco do GP da Itália, no primeiro fim de semana de setembro. “Em Monza nós também precisamos encontrar um equilíbrio eficiente para ser rápido nas retas e não perder muito tempo nas curvas. A Parabólica é minha curva favorita. Monza é um circuito histórico e único para mim”, comentou o piloto, que tem boas lembranças dos seus tempos de Itália, para onde foi morar quando iniciou sua carreira no continente europeu.

 
“Conheço bem o circuito por conta de cada categoria em que eu estive. Isso me faz lembrar o tempo em que eu me mudei para a Itália em 2009 como um jovem piloto de corridas. Naquela época eu morava muito perto de Monza”, concluiu o brasileiro.
PADDOCK GP #43 DEBATE INDY E MOTOGP E FAZ PRÉVIA DA F1

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube