Bottas justifica 5º lugar em Singapura a jogo de equipe para manter Hamilton na frente

O finlandês da Mercedes estava melhor que Hamilton na segunda parte da corrida em Marina Bay até receber uma ordem de equipe para não ultrapassar o piloto inglês após seu pit-stop

"Hi, Valtteri, it’s James". Foi com essa mensagem via rádio, na volta 27, que Valtteri Bottas recebeu o pedido da Mercedes para reduzir e não realizar a ultrapassagem para cima de Lewis Hamilton após o pit-stop do inglês no GP de Singapura deste domingo (22), que teve a vitória de Sebastian Vettel.
 
O finlandês justificou a ordem de equipe após o encerramento da prova. “O carro à frente sempre tem prioridade com a estratégia. Eu queria avançar, teria sido fácil, mas temos certas regras”.
 
Bottas pouco pôde fazer durante a corrida, até por isso largou e terminou na quinta colocação em Marina Bay. “Havia potencial para fazer melhor hoje, tinha um bom ritmo, mas precisamos de um grande delta para ultrapassar aqui”.
Valtteri Bottas (Foto: Mercedes)

O #77 da Mercedes respeitou o recado da equipe e não forçou a ultrapassagem em cima do companheiro. “Da próxima, eu estarei na posição dele e ele (Hamilton) estará na minha. Está bem”, encerrou.

 
Esta foi a segunda vez na temporada 2019 da Fórmula 1 que a Mercedes terminou fora do pódio. A primeira foi no GP da Alemanha, disputado em julho.
 
O GP da Rússia, 16ª etapa da Fórmula 1, acontece no próximo domingo (29), com largada marcada para às 8h10 (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL. A cobertura completa você confere aqui.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar