Bottas lidera agitado TL3 do GP de Eifel. Stroll passa mal, não treina e vira dúvida

Com direito a dobradinha no fim, Valtteri Bottas foi o mais rápido, seguido por Lewis Hamilton e, de forma surpreendente, Charles Leclerc. Lance Stroll passou mal e ficou fora do treino em Nürburgring

Valtteri Bottas liderou a dobradinha da Mercedes no terceiro, mas, na prática, primeiro e único treino livre do GP de Eifel de Fórmula 1. Na gelada manhã deste sábado (10), em Nürburgring, o finlandês cravou 1min26s225, sendo 0s136 mais rápido que Lewis Hamilton. A grande surpresa da sessão foi a presença da Ferrari de Charles Leclerc em terceiro lugar.

Em contrapartida, Lance Stroll, da Racing Point, não treinou. Em comunicado publicado nas redes sociais, a equipe informou simplesmente que o canadense não se sentiu 100% e, por isso, não esteve na pista nesta manhã. Caso o piloto não tenha condições de fazer o treino classificatório no fim de semana, Nico Hülkenberg desponta como substituto natural para poder acelerar e, novamente, ocupar o cockpit da ‘Mercedes rosa’, o que já aconteceu duas vezes neste ano, quando teve de substituir Sergio Pérez, então infectado pelo novo coronavírus.

Max Verstappen, da Red Bull, foi o quarto colocado, enquanto Sebastian Vettel, com uma Ferrari que andou muito bem nesta manhã, fechou o top-5. Lando Norris, da McLaren, finalizou a manhã na sexta colocação, seguido por Pérez. Daniel Ricciardo, que chegou até a liderar a sessão por alguns segundos, foi o oitavo com a Renault, à frente da Red Bull de Alexander Albon e da AlphaTauri de Pierre Gasly.

F1; FÓRMULA 1; GP DE EIFEL; NÜRBURGRING; SÁBADO; VALTTERI BOTTAS;
Valtteri Bottas foi o mais rápido na manhã deste sábado em Nürburgring (Foto: Mercedes)

O treino classificatório do GP de Eifel está marcado para 10h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Saiba como foi o treino livre 3 do GP de Eifel de Fórmula 1

Depois de uma sexta-feira de chuva e, principalmente, muito nevoeiro, o que atrapalhou os planos de realização dos treinos livres, o sábado amanheceu com sol entre nuvens na região do circuito de Nürburgring. De fato, não havia previsão de chuva nesta manhã, mas o frio seguia rígido e insistente: 7ºC de temperatura ambiente e 13ºC no asfalto.

Pilotos e equipes buscavam recuperar o tempo perdido sem treinos na sexta e logo foram à pista para 60 minutos da sessão de sábado. Logo no início, Lewis Hamilton foi para a pista e fez uma simulação de largada. Desta vez, no ponto designado pela direção de prova, logo após a saída do pit-lane.

A pista ainda estava bem úmida em determinados pontos, mas todos os pilotos partiram para a sessão com pneus slicks e, majoritariamente, os compostos médios (C3). O primeiro a marcar tempo no fim de semana foi Carlos Sainz, que registrou 1min38s311 com a McLaren. Pouco depois, já na esteira de uma boa série de voltas, Max Verstappen figurava na liderança com 1min30s576.

F1; FÓRMULA 1; SEBASTIAN VETTEL; FERRARI; GP DE EIFEL
Sebastian Vettel deixa os boxes em Nürburgring neste sábado (Foto: Scuderia Ferrari)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Em contrapartida, Lance Stroll era o único piloto que não estava na pista. Segundo informação do jornalista espanhol Albert Fàbrega, o canadense não se sentiu bem, de modo que a Racing Point já colocou Nico Hülkenberg de stand-by se Stroll não puder correr neste domingo. A equipe confirmou que o piloto não participaria no terceiro treino e que sua condição seria avaliada pouco depois da sessão.

Com dez minutos de uma intensa sessão, a Red Bull tinha 1-2 com Verstappen na ponta e tempo de 1min28s866, e Alexander Albon em segundo. O carro da Mercedes melhor posicionado na tabela de tempos era o de Hamilton, somente na sétima posição.

F1; FÓRMULA 1; GP DE EIFEL; NÜRBURGRING;
Sábado de sol em Nürburgring para a Fórmula 1 (Foto: Haas)

Vettel chegou a rodar na curva 14, na saída da chicane, mas conseguiu evitar maiores problemas. O alemão, que seguia a programação da Ferrari de simulações de corrida, aparecia somente em 19º e penúltimo na tabela de tempos. Lá na frente, a Red Bull seguia fazendo 1-2 com Verstappen e Albon. Já Lando Norris, diante do frio intenso em Nürburgring, reclamou: “Minhas mãos estão congelando”.

No começo da metade final do treino, Esteban Ocon, da Renault, fez uma simulação de classificação e usou pneus macios para marcar 1min27s634 — novo recorde da pista, contra 1min27s691 estabelecido por Takuma Sato, então na BAR Honda, em 2004 —, seguido por outro carro empurrado por motor Renault, a McLaren de Carlos Sainz. Enquanto isso, Romain Grosjean curtia cada volta em Nürburgring: “Que pista bonita, cara”, disse o franco-suíço via rádio ao engenheiro da Haas.

Em seguida, por apenas 0s003, foi a vez de Norris se colocar na ponta do treino. A sessão seguia movimentada, com George Russell rodando depois de escapar no gramado molhado ao redor da pista, enquanto Daniel Ricciardo subia para primeiro com 1min27s392. Só que a posição do australiano da Renault não durou muito tempo, já que Verstappen voltou ao topo com 1min27s071.

F1; FÓRMULA 1; GP DE EIFEL; NÜRBURGRING; SÁBADO; LEWIS HAMILTON;
Lewis Hamilton em ação no treino livre 3 do GP de Eifel (Foto: Mercedes)

E a Mercedes? Na primeira volta rápida, Valtteri Bottas ficou 0s157 atrás de Verstappen, mas foi o bastante para subir para a segunda posição. Em seguida, foi a vez de Hamilton registrar a sua volta rápida, mas nem o britânico conseguiu superar o tempo do holandês.

Só no segundo giro é que a realidade foi restabelecida. Bottas cravou 1min26s968 para virar o líder do TL3. Em outra volta, Hamilton vinha com trecho mais rápido no segundo setor e despontava com chances reais de superar o tempo de Bottas, mas cometeu um erro na chicane, cenário que o manteve em terceiro.

Ainda restavam alguns minutos para as derradeiras simulações em ritmo de classificação. Bottas foi ainda mais rápido e marcou 1min26s225, com melhor tempo em cada um dos três setores da pista alemã. Norris chegou a se colocar em terceiro, entre Verstappen e Hamilton. Os dois pilotos vinham na pista com trechos rápidos, mas foram freados por uma bandeira amarela provocada pela rodada de Nicholas Latifi, da Williams, na última curva.

No fim, quem surpreendeu foi Charles Leclerc, que colocou a Ferrari em segundo lugar com uma volta voadora, enquanto Vettel subiu para a quarta colocação. Em seguida, Hamilton fez nova volta rápida, mas ficou 0s136 atrás de Bottas, completando assim o 1-2 da Mercedes neste sábado em Nürburgring.

Fórmula 1 2020, GP de Eifel, Nürburgring, treino livre 3:

1V BOTTASMercedes1:26.225 25
2L HAMILTONMercedes1:26.361+0.13627
3C LECLERCFerrari1:26.681+0.45625
4M VERSTAPPENRed Bull Honda1:26.896+0.67124
5S VETTELFerrari1:27.038+0.81325
6L NORRISMcLaren Renault1:27.167+0.94229
7S PÉREZRacing Point Mercedes1:27.245+1.02025
8D RICCIARDORenault1:27.392+1.16723
9A ALBONRed Bull Honda1:27.449+1.22423
10P GASLYAlphaTauri Honda1:27.528+1.30328
11E OCONRenault1:27.634+1.40927
12D KVYATAlphaTauri Honda1:27.795+1.57026
13C SAINZ JRMcLaren Renault1:27.924+1.69929
14K RÄIKKÖNENAlfa Romeo Ferrari1:27.956+1.73125
15R GROSJEANHaas Ferrari1:28.115+1.89027
16K MAGNUSSENHaas Ferrari1:28.293+2.06827
17G RUSSELLWilliams Mercedes1:28.343+2.11830
18A GIOVINAZZIAlfa Romeo Ferrari1:28.370+2.14525
19N LATIFIWilliams Mercedes1:28.941+2.71626

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube