Bottas reclama de problemas com traseira do carro e diz que “ainda há muito a ganhar”

Valtteri Bottas liderou o dia de treinos livres, mas saiu reclamando da traseira de sua Mercedes, que apresentou dificuldades para sua pilotagem

Por 0s207, Valtteri Bottas anotou o melhor tempo da sexta-feira (25) de treinos livres em Sóchi, palco do GP da Rússia do próximo domingo – mas isso não impediu o finlandês de encontrar problemas em seu carro.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ele, que também liderou o TL1, mais cedo, afirmou ao final das sessões que sua Mercedes tem sido difícil de conduzir – mas que, por isso, acredita que pode melhorar ainda mais.

F1; FÓRMULA 1; VALTTERI BOTTAS; RÚSSIA; SÓCHI; TL2
Valtteri Bottas nesta sexta-feira (Foto: LAT Images/Mercedes)

“Conseguimos andar mais durante o TL2 e recolhemos muitos dados em todos os setores. Continua difícil de otimizá-los, porém, mas acredito que todos irão cometer erros. Foi bem difícil, principalmente com pouco combustível, com a traseira do meu carro. Tive muita dificuldade em mantê-la sob controle. Às vezes parecia uma corrida de rali”, comentou Bottas sobre os problemas que enxergou.

“Em termos de ajuste, ainda há muito a ganhar. Nos dois primeiros setores estou indo bem, mas no setor três o carro, às vezes, fica meio nervoso. Encontraremos tempo lá”, completou.

O desafio para Bottas, além de acertar o carro, passa a ser bater Lewis Hamilton (que ficou em segundo nesta sexta). Com 135 pontos, já está 55 atrás do companheiro de Mercedes na classificação chegando à Rússia.

A Fórmula 1 volta a acelerar a partir das 6h deste sábado com o terceiro treino livre do GP da Rússia. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube