Leclerc ameaça jogar toalha e vê Spa terrível para Ferrari “ao menos no papel”

Ainda que tenha boas memórias do GP da Bélgica em 2019, Charles Leclerc não vê o circuito de Spa-Francorchamps favorável à Ferrari e espera por uma "boa surpresa"

MICHAEL SCHUMACHER HOJE: SEQUELAS E ALVO DE CONFLITO ENTRE ESPOSA E EX-EMPRESÁRIO

O circuito de Spa-Francorchamps rende boas memórias a Charles Leclerc. Afinal, foi no GP da Bélgica de 2019 que o monegasco conquistou a primeira vitória na Fórmula 1, quando deixou as Mercedes de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas para trás com o motor vitaminado da companhia italiana. Agora, a etapa belga é o pontapé inicial para a segunda metade do calendário de 2021, só que o dono do carro #16 prevê maiores dificuldades. A Ferrari ainda se recupera de um desastroso 2020 – e com certo sucesso -, mas as características da pista não tão favoráveis ao SF21, segundo destacou em entrevista coletiva nesta quinta-feira (26), em Spa-Francorchamps.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Já na Bélgica do dia mais especial da carreira, o piloto foi questionado sobre a pista e mostrou que não tem muitas esperanças: “Creio que essa pista em particular, ao menos no papel, é muito difícil para nós”, disse.

“Por outro lado, já tivemos algumas boas surpresas este ano, por isso espero por outra neste fim de semana. Queremos ser mais competitivos do que imaginamos quando chegamos aqui, mas sabemos que não é uma pista fácil para nós. No papel, porém, não parece muito bom”, acrescentou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Leclerc não tem boas esperanças para a Ferrari no GP da Bélgica (Foto: Ferrari)
Paddockast #118- O que esperar da segunda parte da temporada da Fórmula 1 2021?

Num circuito que depende bastante de alta velocidade nas retas, o carro da Ferrari não é o mais ideal, já que a SF21 ainda tem deficiência crônica de potência. Nem mesmo a promessa de temperaturas mais baixas em Spa-Francorchamps não parece ser de muita ajuda para os italianos.

No entanto, assim como Leclerc afirmou, surpresas são possíveis. Não é à toa que a Ferrari está na terceira colocação do Mundial de Construtores, junto à McLaren com 163 pontos, e com uma dupla de pilotos bastante equilibrada. Por isso, para aprimorar seu rendimento nesta reta final de campeonato, a equipe fez mudanças importantes no planejamento do uso de unidades de potência na Fórmula 1, de acordo com a revista alemã Auto Motor und Sport. Mesmo tomando punições, a escuderia italiana usará um motor atualizado, já que o monegasco perdeu uma unidade de potência saudável no GP da Hungria.

Com penalizações à vista, o uso de um quarto motor pode ser uma carta na manga da Ferrari. Mas, ainda para o GP da Bélgica, segundo o próprio Leclerc, não há nada confirmado.

“Eu sei que há uma atualização”, disse ele. “Será na parte híbrida do motor. Mas quando vamos trazê-lo, ainda não sabemos”, concluiu.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do fim de semana do GP da Bélgica AO VIVO e EM TEMPO REAL. O primeiro treino livre está marcado para as 6h30 (de Brasília) da sexta-feira.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar