Leclerc questiona “estratégia de motores” de Red Bull e McLaren em Ímola

Charles Leclerc até se contentou com o ritmo de corrida da Ferrari durante o GP da Emília-Romanha, mas questionou ganho repentino de performance das rivais em "prova estranha"

Apesar de ter liderado os dois treinos livres de sexta-feira (18), em Ímola, Charles Leclerc não conseguiu imprimir o mesmo ritmo durante a corrida e ficou de fora da disputa pela vitória, que foi até o fim entre Lando Norris e Max Verstappen. O monegasco até se contentou com o ritmo da Ferrari, mas questionou a “estratégia de motores” utilizada pela McLaren e Red Bull, que foram superiores ao time de Maranello durante as 63 voltas no autódromo Enzo e Dino Ferrari.

O dono da SF-24 #16 largou bem e conseguiu defender a terceira posição, tentando acompanhar o britânico do bólido laranja-papaia durante as primeiras voltas, mas sem conseguir atacar. Após trocar os pneus médios pelos duros, Leclerc até se aproximou de Norris, mas cometeu um erro e perdeu contato com os ponteiros, cruzando a linha de chegada com mais de 6s de desvantagem em relação ao segundo colocado.

“Acho que meu ritmo foi o mais constante de todos, porque rodei na casa de 1min20s praticamente toda a corrida. Foram os outros que fizeram uma prova mais estranha”, disse Charles em entrevista à emissora britânica Sky Sports.

“A McLaren conseguiu um pouco mais com Norris, mas [Oscar] Piastri ficou atrás de mim. No final, não conseguia mais forçar os pneus, mas tinha de tentar alguma coisa. Não me arrependo, pois fizemos tudo o que podíamos. Tínhamos de fazer algo diferente e forcei na primeira parte da corrida, mas no final não conseguimos igualar o ritmo da McLaren, que era muito forte”, lembrou o companheiro de Carlos Sainz.

Leclerc até tentou, mas não conseguiu manter o ritmo de Norris e Verstappen (Foto: Ferrari)

Ao ser questionado como se sentia após a etapa deste domingo, Leclerc exalou confiança, mas também questionou a solução adotada pelas principais concorrentes para ganho de performance, já que, de acordo com o piloto de Monte Carlo, ele foi inferior nas retas, embora tenha conseguido igualar o desempenho de Verstappen e Norris nos setores de baixa velocidade.

“Estou mais confiante do que ontem [na classificação], mas não satisfeito com o resultado de hoje. Ontem não entendi a diferença acumulada no primeiro setor, mas olhando os dados, houve algo estranho que a Red Bull e a McLaren fizeram em termos de estratégia de motores, e ficamos atrás na reta principal, enquanto que em todas as outras curvas fomos mais rápidos ou pelo menos iguais a eles”, destacou.

“Em uma pista como essa, toda vez que você chega perto de 1s, se não tiver um ritmo significativamente melhor, não será o suficiente para ultrapassar. Podemos ver Norris, quando era mais rápido que Verstappen, alcançou, mas não foi capaz de superá-lo”, explicou Leclerc.

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente:Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Ferrari foi superada pela McLaren em Ímola (Foto: Ferrari)

Apesar do robusto pacote de atualizações que a Ferrari aplicou na SF-24, o time de Maranello não conseguiu o resultado que esperava. Charles admitiu que esperava ser melhor, mas enfatizou que eles precisam ser mais eficientes na classificação.

“Esperávamos competir de igual para igual. Precisamos resolver a classificação, mas acho que o que aconteceu ontem está claro, e talvez Ímola não seja a pista ideal para avaliar as atualizações que trouxemos”, finalizou.

Com o resultado, Leclerc agora é o segundo colocado na classificação do Mundial de Pilotos, com 113 pontos somados. O piloto da Ferrari ultrapassou Sergio Pérez, que terminou apenas em oitavo e perdeu uma posição no certame, ficando com 107 tentos.

Fórmula 1 volta de 24 a 26 de maio com o tradicional GP de Mônaco, oitava etapa da temporada 2024, nas ruas de Monte Carlo.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.