Chefe afirma que McLaren está focada em conquistar títulos de 2012 mesmo com saída de Hamilton

Martin Whitmarsh disse que a McLaren não vai priorizar nenhum título no final da temporada 2012 da F1. Apesar disso, o dirigente cobrou comprometimento de Hamilton para contribuir na campanha no Mundial de Construtores

Lewis Hamilton já anunciou que vai se transferir para a Mercedes na temporada 2013 da F1. No entanto, isso não significa que a McLaren tenha desistido de conquistar o título do atual campeonato. Em uma videoconferência realizada nesta quarta-feira (3), o chefe da equipe inglesa, Martin Whitmarsh, afirmou que espera ver todo o time focado em um bom desempenho neste final de ano.

“Ainda faltam seis corridas, temos um carro competitivo, dois bons pilotos, e os dois campeonatos ainda estão na nossa mira. Não alcançamos esse ponto. Eu acho que todos esperamos que Lewis e a equipe estejam realmente focados agora”, declarou.

“Estamos comprometidos em trabalhar o mais duro possível para permitir que Lewis consiga vencer o campeonato de pilotos. Da mesma maneira, eu acredito que ele está comprometido em contribuir para que a equipe vença o Mundial de Construtores”, completou o dirigente, dizendo que a McLaren fará o possível para conquistar os dois títulos ao final de 2012 e espera o mesmo nível de comprometimento de Hamilton.

Whitmarsh cobrou comprometimento de Hamilton neste fim de 2012 (Foto: McLaren)

Mesmo com a McLaren tendo mais chances de conquistar o título de Construtores que Hamilton ser campeão entre os pilotos – já que a diferença para Fernando Alonso é de 52 pontos –, Whitmarsh disse que a escuderia não vai priorizar nenhum dos campeonatos, embora tenha reconhecido que a taça entre os times seja mais vantajosa.

“Ambos são muito importantes. Sempre há um debate sobre qual é o mais importante. Eu acho que a celebração com champanhe é sempre mais associada ao título de pilotos. Mas pelo orgulho do time e também de uma perspectiva comercial, o de construtores é o mais importante”, avaliou.

Para que esse objetivo de terminar com as duas taças seja alcançado, o chefe da McLaren afirmou que o time precisa conquistar todos os pontos possíveis, já que tanto Alonso quanto a Red Bull estão fazendo campanhas muito boas. “Eu acho que estamos focados em ambos, temos boas disputas”, disse.

“Claramente, Fernando está fazendo um trabalho fantástico na Ferrari este ano. A Red Bull está muito bem nos Construtores. Nós temos um carro rápido, mas eu acho que não temos maximizados os pontos que deveríamos ter conseguido. Mas temos seis corridas e 150 pontos em jogo para os pilotos e ainda mais para os Construtores, então ambos são alcançáveis”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube