Chefe da Mercedes avalia que punições da Bélgica se tornaram uma vantagem para Hamilton no Mundial

Chefe da Mercedes, Toto Wolff avaliou que as punições recebidas por Lewis Hamilton por conta das trocas efetuadas em seu motor acabou resultando em uma vantagem para o britânico. Líder do Mundial agora tem três novas unidades de potência a seu dispor

A estratégia da Mercedes funcionou perfeitamente em Spa-Francorchamps. A escuderia germânica escolheu uma das pistas mais rápidas da temporada para efetuar trocas no motor de Lewis Hamilton e facilitar a vida do piloto com as decorrentes punições.
 
As primeiras trocas foram realizadas ainda na sexta-feira. No começo, a equipe optou por instalar um sexto MGU-H — sistema de reaproveitamento de energia — e também um sexto turbocompressor. Por si só, tais mudanças resultaram em uma punição de perda de 15 posições no grid para Hamilton.
Toto Wolff vê Hamilton em vantagem após punições de Spa (Foto: Mercedes)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Então, a Mercedes fez outra troca, ainda no sábado, optando por instalar o quinto motor de combustão interna (ICE), o quinto MGU-K — motor gerador de energia cinética —, além do sétimo MGU-H e do sétimo turbo. Então a punição dobrou para 30 posições no grid.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Na manhã de sábado, a equipe anunciou outra troca. Hamilton passou a usar o sexto ICE, bem como o sexto MGU-K, excedendo o limite de cinco por temporada, além do oitavo MGU-H e também o oitavo turbo. Assim, o piloto perdeu 55 posições no grid.
 
Hamilton, no entanto, conseguiu neutralizar o impacto da punição e completou a prova do último fim de semana no terceiro posto, mantendo a liderança do Mundial. Assim, além de limitar o prejuízo resultante da sanção, o britânico também saiu da Bélgica com vantagem em relação ao rival, já que agora tem três motores novos para usar no restante do ano.
 
Chefe da Mercedes. Toto Wolff admitiu que o que parecia ser uma desvantagem, acabou se tornando algo positivo.
 
“Acho que o que parecia ser uma desvantagem em receber uma punição no grid acabou sendo muito menos prejudicial à campanha dele do que o esperado”, disse Wolff. “Ele fez sua parte com uma ótima pilotagem, o time com as decisões estratégicas corretas e com um bom carro”, seguiu.
 
Além disso, Wolff destacou a enorme carga de trabalho do time em Spa por conta de todas as mudanças feitas no motor de Hamilton.
 
“Você tem de imaginar que nós fizemos cinco mudanças de motor ao longo do fim de semana e ver o tremendo trabalho que esses caras estão fazendo na garagem 24 horas por dia e sete dias por semana. Os mecânicos são impecáveis”, declarou. “Não tivemos um incidente sequer com os motores e agora dar ao Lewis um motor adicional em comparação com Nico é bom e correto, pois tivemos as punições hoje”, continuou.
 
Apesar de Lewis agora estar em uma posição mais confortável com a unidade de potência, Wolff não vê o título sendo definido em um futuro próximo.
 
“Nas próximas corridas, eu não sei. Isso pode caminhar para duas direções. Tenho a sensação de que será uma longa temporada antes de vermos quem vai vencer”, concluiu o dirigente.

PADDOCK GP #43 DEBATE INDY E MOTOGP E FAZ PRÉVIA DA F1

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube