Chefe da Mercedes se diz preocupado com desempenho de Bottas, mas mostra apoio: “Ninguém duvida dele”

Toto Wolff reconheceu a queda de desempenho de Valtteri Bottas, evidenciada no GP da Malásia. O dirigente vê o finlandês com dificuldades, mas também admite que o carro da Mercedes é “caprichoso” em algumas pistas

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Enquanto Lewis Hamilton encaixa bons resultados e dispara na liderança da F1, o companheiro Valtteri Bottas derrapa. O finlandês não encantou nas últimas semanas, e já chama a atenção da cúpula da Mercedes. O chefe Toto Wolff não esconde a preocupação com o finlandês – mas faz questão de reforçar o apoio.
 
“Sim, eu fico preocupado, mas é porque quero que o Valtteri [Bottas] ande bem”, disse Wolff, entrevistado pelo ‘Motorsport.com’. “Todos querem que o Valtteri ande bem. Vimos performances muito boas dele esse ano, e agora tivemos uma queda nas últimas corridas. Mas ninguém está duvidando do Valtteri”, frisou.
 
“Valtteri parece ter mais dificuldades do que Lewis [Hamilton] para colocar o carro naquele ponto ideal. São vários fatores que afetam isso, mas não tenho dúvidas de que ele tem inteligência para encaixar o quebra-cabeça. Temos muitas corridas pela frente para resolver o problema. Pilotos muito bons são capazes de sair do buraco em situações difíceis, e não tenho dúvidas de que ele vai fazer isso”, seguiu.
Valtteri Bottas foi alvo de críticas na Malásia (Foto: AFP)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A performance de Bottas no GP da Malásia foi alvo de críticas. O finlandês não se encontrou ao longo do fim de semana e cruzou a linha de chegada em quinto – atrás até mesmo de Sebastian Vettel, que largou em último. O próprio Valtteri reconheceu que ficou devendo.
 
A falta de brilho em Sepang incomoda Wolff. Mas o dirigente faz questão de colocar os ‘caprichos’ do carro da Mercedes na equação.
 
“Temos um carro caprichoso. A janela de operação dos pneus, em que a aderência é ideal, é muito pequena”, lamentou. “Entrar e sair dessa janela é a grande história da nossa temporada. A pilotagem afeta isso, e Lewis se adaptou melhor ao problema do que Valtteri. Mas ficar mudando estilo de pilotagem não é algo fácil para ninguém”, ponderou.
 
Bottas é o terceiro colocado no Mundial de Pilotos. Com duas vitórias e 222 pontos, o #77 convenceu a Mercedes a renovar o contrato para a temporada 2018.
 
HÁ ESPERANÇA?

MESMO COM RESULTADO RUIM, VETTEL GANHA FORÇA NA MALÁSIA  

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube