Chefe da Racing Point afirma ter “99% de certeza” de que Pérez vai correr GP da Espanha

Otmar Szafnauer, porém, lembrou que sempre tem aquele 1% que pode tirar Sergio Pérez de mais uma corrida do calendário. O mexicano foi baixa nos GPs da Inglaterra e dos 70 Anos da F1 por estar infectado pelo novo coronavírus. “Se não acontecer, não me crucifique porque não posso prever o futuro”, disse o dirigente

A Racing Point acredita que pode voltar a contar com Sergio Pérez neste fim de semana do GP da Espanha de Fórmula 1, em Barcelona. O mexicano foi baixa das duas últimas etapas do calendário, os GPs da Inglaterra e do Aniversário de 70 Anos por estar infectado pelo novo coronavírus, sendo substituído por Nico Hülkenberg em Silverstone. O piloto de 30 anos vai ser submetido a um novo exame nos próximos dias e, se testar negativo para o Covid-19, estará apto a voltar ao cockpit da ‘Mercedes rosa’ na Catalunha.

No último fim de semana, Otmar Szafnauer, chefe da Racing Point, disse que Pérez foi submetido a um novo teste no sábado. O resultado anima o dirigente romeno, que coloca sua fé no regresso do mexicano nascido em Guadalajara para o fim de semana.

“Parece que a quantidade de vírus no seu sistema está diminuindo significativamente de teste para teste. Ele fez o teste de novo. Prevejo que quando chegar o resultado, no início da semana, ele vai estar na faixa negativa”, disse.

Sergio Pérez segue sendo dúvida para o GP da Espanha deste fim de semana (Foto: Racing Point)

“Creio que, quando chegarmos a Barcelona, ele vai estar de volta ao carro. Mas estou tentando adivinhar o futuro”, avisou Szafnauer. “Se não acontecer, não me crucifique porque não posso prever o futuro. Mas só de olhar para a taxa de vírus deixando seu sistema, se isso for linear, ele deve estar bem quando for a Barcelona”, acrescentou.

Questionado sobre a permanência de Hülkenberg como suplente imediato de ‘Checo’ caso o titular não possa correr na Espanha, o chefe da Racing Point confirmou. “Se ele não estiver no carro, seria Nico”.

“Tinha 99% de certeza que Nico estaria no carro nas duas corridas em Silverstone, e agora 99% de certeza de que ‘Checo’ vai estar no carro para a Espanha”, assegurou.

Por outro lado, o alemão ainda não sabe se vai voltar a pilotar para a equipe inglesa neste fim de semana. No entanto, deixou claro que, se for chamado, vai estar à disposição.

“Para ser sincero, ainda não sei o quadro completo. Acho que vamos descobrir mais nos próximos dias e, ao passo em que nos aproximemos do fim de semana, isso vai se desenrolar. Acho que estarei presente para o caso de ele não poder correr. Acho que estarei lá para substituí-lo novamente. Creio que uma decisão só deve vir na quinta-feira”, concluiu Hülkenberg.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar