Chefe da Red Bull cutuca rival na F1: “Quanto mais Wolff fica nervoso, mais divertido fica”

Christian Horner se mostrou feliz por ver sua equipe desafiar a hegemonia da Mercedes na Fórmula 1. Um dos momentos que o britânico mais aprecia é ver o rival, Toto Wolff, entrar em desespero com as vitórias da Red Bull na temporada

COMO NORRIS NO GP DA RÚSSIA DE F1 LEMBROU BARRICHELLO NO GP DA ALEMANHA 2000

A cada revés da Mercedes na luta pelo título da temporada 2021 da Fórmula 1, a transmissão oficial da categoria busca imagens de Toto Wolff, que costumeiramente aparece com a expressão de frustração quando Max Verstappen vence com a Red Bull. A equipe taurina já triunfou em oito oportunidades no campeonato — sete com o holandês e uma com Sergio Pérez —, enquanto a Mercedes subiu ao topo do pódio cinco vezes, todas com Lewis Hamilton. Christian Horner, chefe da Red Bull, não escondeu a satisfação de ver seu time na luta pelo título contra a rival, que domina a F1 desde 2014. E não perdeu a chance de cutucar Wolff, com quem vem trocando farpas desde o começo do ano.

“Estou adorando a disputa, e quanto mais Toto fica nervoso, mais divertido fica”, disparou Horner em entrevista à emissora britânica Channel 4.

LEIA TAMBÉM
+ANÁLISE: McLaren vive segundo semestre de sonho e se encaminha para entrar na ‘Fórmula 1 A’
+RANKING GP: O melhor GP da temporada: as notas de todos os pilotos no GP da Rússia de Fórmula 1

TOTO WOLFF; CHRISTIAN HORNER; F1; FÓRMULA 1;
Toto Wolff “nervoso”? Christian Horner não perdeu a chance de ironizar o rival (Foto: XPB – Pool/Getty Images/Red Bull Content Pool)

O chefe da Red Bull ressaltou a grande chance que uma equipe tem de bater a Mercedes, algo que jamais aconteceu na era híbrida de motores, que vigora desde 2014 na Fórmula 1. Um ano antes, Toto Wolff deixou a Williams e foi contratado para ser diretor-executivo e também chefe da Mercedes, posto que ocupa até hoje. Desde então, a escuderia sediada em Brackley estabeleceu uma dinastia com a conquista de nada menos que 14 títulos, sendo sete do Mundial de Construtores e outros sete do Mundial de Pilotos (seis com Lewis Hamilton e um com Nico Rosberg).

“É a primeira vez que a Mercedes e a primeira vez na história de Toto Wolff que eles estão numa situação em que estão sendo desafiados”, comentou. “A situação é que ele [Toto] entrou para a equipe e os pilotos já estavam contratados, o motor já estava no lugar. Ele fez um ótimo trabalho para manter a equipe vencendo, mas ele não teve nenhuma disputa. E essa é a primeira vez que há uma verdadeira disputa, uma verdadeira competição”, ressaltou.

Felipe Drugovich bateu muito forte ainda na volta de alinhamento para o grid da Fórmula 2 na Rússia (Vídeo: Reprodução)

Christian salientou também as diferenças entre ele e o rival na forma de atuar na liderança das duas protagonistas na luta pelo título em 2021.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

“Há respeito entre as equipes, mas atuamos de maneiras diferentes. Quero muito estar na linha de frente, sentado no pit-wall com os estrategistas e os engenheiros, enquanto Toto está na garagem ao lado do assessor de imprensa. São funções diferentes, papeis diferentes, visões diferentes, mas a competição é acirrada. Esse é o ponto-chave deste campeonato”, destacou.

CHRISTIAN HORNER; TOTO WOLFF; MERCEDES; RED BULL;
Christian Horner falou sobre as diferenças de atuação de trabalho em relação a Toto Wolff (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Ciente de que os próximos dois meses vão definir a história da temporada e sabedor também da grande chance que a Red Bull tem para voltar a conquistar um título, algo que não acontece desde 2013, Horner deixou claro: a taça é um objetivo plausível, desde que os taurinos sejam perfeitos.

“As próximas 12 semanas vão determinar se vamos conquistar o título ou não. Teremos etapas decisivas para entregarmos nosso melhor. Dá para derrotar a Mercedes, mas só podemos ter sucesso se fizermos o nosso melhor”, concluiu Christian Horner.

O QUE ACONTECE COM FELIPE DRUGOVICH NA FÓRMULA 2? | GIRO BR #28

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar