Chefe da Red Bull vê “fenomenal” Verstappen com “tudo que precisa” para ser campeão da F1

Christian Horner diz que todos na garagem estão "explodindo" com a briga pelo título, e que holandês está pronto para desbancar Lewis Hamilton

A Mercedes viu Lewis Hamilton vencer o GP da Rússia e ser o primeiro a alcançar 100 vitórias na Fórmula 1. No entanto, quem sorriu de verdade em Sóchi foi a Red Bull. Mesmo trocando todos os componentes do motor do carro e largando em último, Max Verstappen conseguiu reagir e concluir a corrida na segunda colocação, reduzindo ao máximo os danos para o inglês, que reassumiu a liderança do campeonato, mas apenas dois pontos à frente.

E o desempenho do holandês, em conjunto com o trabalho realizado pela equipe austríaca, anima o chefe da Red Bull, Christian Horner. Segundo o dirigente, todos na escuderia estão animados pelo momento de brigar pelo primeiro lugar novamente. E Horner ainda garantiu que Verstappen está pronto para terminar a temporada com a taça de campeão do mundo.

“O time todo está muito motivado”, disse Christian à Servus TV. “Eles estão explodindo com esse duelo; estão aproveitando o desafio. Todos estão trabalhando o máximo que podem, como uma equipe, para levar esse campeonato. Max tem tudo que precisa para chegar ao próximo nível. O momento chegou, ele está pronto e pilotando de forma fenomenal”, afirmou.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

LEWIS HAMILTON; MAX VERSTAPPEN; GP DA RÚSSIA; FÓRMULA 1; F1;
Max Verstappen e Lewis Hamilton são os postulantes ao título mundial de 2021 na F1 (Foto: Andy Hone/Getty Images/Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A Red Bull busca voltar ao topo do esporte, posto que não ocupa desde 2013, um ano antes do início da era híbrida na Fórmula 1. A equipe conquistou oito títulos consecutivos entre 2010 e 2013, sendo quatro de Pilotos, todos com Sebastian Vettel, e outros quatro de Construtores, com a dupla formada entre o alemão e o australiano Mark Webber.

A próxima oportunidade que a Red Bull terá de assumir a liderança do campeonato será no GP da Turquia, que acontecerá em Istambul durante o fim de semana de 8 a 10 de outubro.

LEIA TAMBÉM
Norris revela problemas de saúde mental em ano de estreia na F1: “Me sentia depressivo”
Mercedes vê “pontas soltas” e admite desperdício de pontos em briga com Red Bull
Schumacher discorda de chefe e vê como “desnecessário” reserva experiente na Haas

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar