Chefe da Sauber fala em grande evolução de Ericsson e até aposta em vitória na F1: “Não vejo motivos para que não consiga”

Marcus Ericsson tem grande potencial e a habilidade de um dia ainda vencer uma corrida de F1, e quem afirmou isso foi Monisha Kaltenborn. Segundo a chefe da Sauber, o jovem piloto mostrou grande avanço durante a última temporada, e tem trabalhado duro para melhorar

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
Marcus Ericsson tem o potencial de ainda vencer uma corrida de F1. Mas quem afirmou isso não foi sua mãe, mas sim Monisha Kaltenborn, chefe da Sauber.
 

A melhor colocação que o piloto conquistou até hoje em seus três anos na categoria, por onde passou pela Caterham e por sua atual casa, foi uma oitava colocação no GP da Austrália de 2015.
 
Mas isso é o suficiente para convencer a dirigente de que ele é capaz de subir ao degrau mais alto do pódio se estiver no carro certo. “Você tem que ter determinação, ter a oportunidade e estar no lugar certo na hora certa, e não vejo motivos dele não conseguir isso”, explicou.
Marcus Ericsson (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Em 2016, Ericsson superou seu então companheiro de equipe, Felipe Nasr, em 12 classificações. Nas corridas em que ambos terminaram, o sueco cruzou a linha de chegada nove vezes à frente do titular do carro #12.
 

No entanto, vale lembrar que o brasileiro conquistou os únicos, e importantes, pontos que a Sauber somou no ano passado, ao terminar o molhado GP do Brasil na nona colocação. Apesar disso, Felipe ainda não está confirmado para o grid 2017 da F1.
 
Kaltenborn seguiu com sua fala, afirmando ter ficado satisfeita com o progresso que Marcus fez no campeonato do último ano. “Ele deu grandes passos, você consegue ver isso. Ele dá muito valor para a equipe”, explicou.
 
“Ele ainda pode melhorar muito, há muito a se fazer. Ele conhece suas forças e irá aprender mais, e em sua experiência irá identificar as suas fraquezas e como pode trabalhar com elas”, completou.
 
Ericsson falou que melhorar a sua força mental tem o ajudado muito, o que Monisha concordou. “Isso é muito importante, pois não é fácil para pilotos jovens lá fora, quando as pessoas tem preconceito com eles, e até mesmo em como lidar com certas situações”, disse.
 
“Ele encontrou um caminho e aprendeu em como focar muito mais nas coisas que realmente importam para ele. Nas últimas corridas ele  deu um grande passo, ainda tem muito potencial a mostrar”, encerrou.
OS CAMPEÕES DO DAKAR: LEANDRO TORRES E LOURIVAL ROLDAN CONTAM TUDO SOBRE A CONQUISTA HISTÓRICA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube