Chefe vê Red Bull-Honda melhor que Mercedes. Rival fala em equilíbrio de forças

Toto Wolff entende que, neste princípio de campeonato, o conjunto carro-motor da Red Bull está à frente da Mercedes. No entanto, Christian Horner não enxerga tal vantagem e aposta em um campeonato decidido nos detalhes entre Lewis Hamilton e Max Verstappen

Assista aos melhores momentos do GP da Emília-Romanha de F1 (Vídeo: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

O começo da temporada 2021 da Fórmula 1 traz uma grande batalha entre Mercedes e Red Bull na Fórmula 1. No GP do Bahrein, prova que abriu o campeonato no último fim de semana de março, Max Verstappen conquistou a pole-position, mas Lewis Hamilton ficou com a vitória depois que o holandês fez a ultrapassagem sobre o adversário na curva 4 do circuito de Sakhir, mas indo além dos limites de pista. No GP da Emília-Romanha, em Ímola, o cenário foi o contrário: Hamilton cravou a pole, mas Verstappen tomou a liderança logo na largada e triunfou na Itália.

Com tamanho equilíbrio e com pilotos extraclasse protagonizando o campeonato neste princípio, fica o questionamento: quem tem o melhor carro neste momento? As oponentes na batalha pelo título têm opiniões discordantes.

LEWIS HAMILTON; MAX VERSTAPPEN; ÍMOLA;
Lewis Hamilton e Max Verstappen duelam pelo título da temporada 2021 da F1 (Foto: Honda Racing)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
WEB STORIES: Como foi o GP da Emília-Romanha de Fórmula 1

Toto Wolff, chefe da Mercedes, entende que a Red Bull está à frente nesta fase do campeonato. “Estamos sofrendo para entender isso, mas ainda não temos um carro e uma unidade de potência que se iguale à Red Bull-Honda”, declarou o dirigente austríaco em entrevista à Sky Sports no último domingo (18).

No entanto, Christian Horner, chefe da Red Bull, discorda da opinião de Wolff e entende que há neste momento um grande equilíbrio de forças. Para embasar sua teoria, o britânico analisou as diferentes fases do GP da Emília-Romanha.

“Existem pontos fortes e fracos em áreas distintas. Fomos mais rápidos no começo do stint, eles foram mais rápidos no fim. Com as mesmas especificações de pneu de cara para o vento, eles [a Mercedes] parecem bem competitivos. Ele [Hamilton] teve a asa móvel na sua volta mais rápida, o que representa um ganho de 0s4. Mas está muito próximo. É tudo sobre tirar o máximo de performance do carro”, disse.

Horner entende que a batalha entre Mercedes e Red Bull, entre Hamilton e Verstappen, será decidida nos detalhes. “Estamos começando a ver um padrão de que os carros e os pilotos estão muito próximos no que diz respeito a Lewis e Max. Há ganhos muito pequenos aqui e ali”.

A vitória alcançada por Verstappen em Ímola não representa apenas um grande alívio para a Red Bull depois do revés sofrido no Bahrein, mas confirma o que muitos desejavam, a começar pelo próprio Horner: há, finalmente, uma batalha entre duas equipes pelo título da Fórmula 1.

“O fato de termos conseguido nos recuperar depois de perder o GP do Bahrein é fantástico, egoisticamente para nós, mas também para a F1. Todos estão pedindo por uma grande rivalidade entre esses dois pilotos, e é o esporte que vai tirar proveito disso”, concluiu.

LEIA MAIS
+ Chefe critica Russell após erro em Ímola: “Mais perto da Copa Renault Clio do que Mercedes
+ Bottas diz que Russell “perdeu controle” e causou acidente em Ímola: “Erro claro dele”
+ Russell explica acidente em Ímola e volta a criticar Bottas: “Perguntei se queria nos matar”

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar