Vettel celebra “grande contratação” de Whitmarsh pela Aston Martin na Fórmula 1

Piloto alemão elogia novo reforço da Aston Martin, e Fernando Alonso concorda; Martin Whitmarsh é ex-chefe de equipe da McLaren

Contratado para ser o CEO da divisão de engenharia da Aston Martin, Martin Whitmarsh já gera comentários sobre seu retorno à F1 após seis anos. Foi em 2014 que o ex-chefe de equipe deixou a McLaren, posição que ocupava desde 2009, até retornar para a escuderia comandada por Lawrence Stroll em 2021. E Sebastian Vettel comemorou a chegada do dirigente.

“Acho que parece uma grande contratação e espero que nos ajude a conquistar nossos objetivos no futuro”, disse o piloto ao site da revista Autosport, antes de completar. “Nunca trabalhei com ele e não o conheço o suficiente para julgar, então acho que precisamos ter a mente aberta. Esperamos que fortaleça o time, do contrário não faria sentido trazer novas pessoas”, finalizou.

O departamento no qual Whitmarsh vai trabalhar é uma novidade promovida por Stroll, que visa expandir os negócios da marca. A Aston Martin Performance Technologies, como será chamada, terá o objetivo de produzir novas tecnologias não apenas para a F1, mas para outros setores da indústria automotiva. Além disso, já começaram as obras para uma fábrica nos arredores de Silverstone, na Inglaterra, com previsão de inauguração para 2023.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Martin Whitmarsh, mais nova contratação da Aston Martin (Foto: Reprodução)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O filho do chefão, Lance Stroll, companheiro de equipe de Vettel na escuderia britânica, também se animou com a chegada do ex-dirigente da McLaren, relembrando os tempos de Whitmarsh no time de Woking. Além disso, se animou com as últimas decisões tomadas pela Aston Martin, acreditando que levarão ao sucesso no futuro.

“Martin se envolveu com a McLaren por um longo tempo, quando eles faziam bastante sucesso”, afirmou Lance. “É excitante tê-lo a bordo para ajudar o time a crescer. Estamos trazendo várias pessoas talentosas nos últimos meses. Martin é uma grande adição”, afirmou, antes de projetar o futuro da equipe.

“Acho que tudo que está acontecendo nesse time, a nova fábrica que está sendo construída, Martin chegando, é tudo muito construtivo. Tudo está se encaminhando para os objetivos que nós queremos alcançar nos próximos anos”, encerrou.

Outro piloto a opinar sobre a volta de Whitmarsh à F1 foi Fernando Alonso, desta vez com conhecimento de causa de quem trabalhou com o dirigente na McLaren, em 2007, durante a explosiva temporada em que fez dupla com Lewis Hamilton. O espanhol, hoje na Alpine, lamentou que o britânico esteja voltando como adversário, mas reconheceu suas capacidades.

“Para a Aston [Martin], acho que será uma grande ajuda”, afirmou. “Ele é muito inteligente e também um bom líder. Infelizmente não está no nosso time, mas também temos ótimas pessoas. É bom ver Martin, entre outros caras, porque eles merecem muito crédito e agora estão de volta ao esporte. Todos no paddock acabam se beneficiando”, opinou o bicampeão mundial.

A disputa pelo título da Fórmula 1 será retomada no próximo final de semana, entre os dias 8 e 10 de outubro. Vettel ocupa a 12ª posição no Mundial de Pilotos, com 35 pontos e uma posição à frente de Stroll, que somou 24 até agora. A soma de ambos deixa a Aston Martin na 7ª colocação entre os Construtores, à frente de Williams, Alfa Romeo e Haas.

LEIA TAMBÉM
Norris revela problemas de saúde mental em ano de estreia na F1: “Me sentia depressivo”
Mercedes vê “pontas soltas” e admite desperdício de pontos em briga com Red Bull
Schumacher discorda de chefe e vê como “desnecessário” reserva experiente na Haas

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar