Como Áustria desponta para ter primeira corrida com casa cheia na F1 desde 2019

A partir de julho, a Áustria não terá limitação de público em eventos esportivos. Desta forma, os portões estarão liberados, desde que os fãs preencham um formulário online com antecedência, apresentem teste negativo para Covid-19 ou comprovante de vacinação

Castroneves passou Palou para vencer a Indy 500 (Vídeo: NBC)

Ao passo em que a vacinação contra a Covid-19 avança pelo mundo, alguns países já começam a amenizar as restrições sobre presença de público em eventos esportivos. Depois das 500 Milhas de Indianápolis, em que mais de 135 mil pessoas estiveram nas arquibancadas de Indianápolis, outro grande evento do esporte a motor tem a perspectiva de contar com um massivo número de fãs: o GP da Áustria de Fórmula 1.

Segundo o site holandês RacingNews365.com, a Áustria não terá mais limitação de público em eventos esportivos a partir de julho. Desta forma, qualquer pessoa poderá ter acesso aos portões do Red Bull Ring no fim de semana entre 2 e 4 do sétimo mês, inclusive quem seja de fora da Áustria, uma vez que não há medidas de quarentena no momento.

+Com domingo histórico, GRANDE PRÊMIO registra recorde de audiência em maio

O mar laranja no Red Bull Ring vai se repetir novamente em 2021? (Foto: Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Mas isso não significa que não existam restrições: para adentrar às dependências do circuito austríaco, o espectador deverá preencher um formulário online com antecedência e apresentar teste negativo para Covid-19 ou então comprovante de vacinação.

Segundo o site One World in Data, em 2 de junho a Áustria alcançou 18,4% de sua população total vacinada com a segunda dose da vacina, o que é necessário para, de acordo com especialistas e com a Organização Mundial de Saúde, seja alcançada a imunização contra a Covid-19.

Mesmo com a vacinação em ritmo acelerado na Europa, há uma grande preocupação com a variante indiana do novo coronavírus. No Reino Unido, existe um temor, por parte de infectologistas, com a proximidade do fim das restrições a partir de 21 de junho.

Caso a Fórmula 1 de fato corra com casa cheia na Áustria em julho, será o primeiro evento do Mundial com as arquibancadas cheias desde o início da pandemia, no começo de 2020. No ano passado, o GP da Rússia levou mais de 30 mil pessoas ao Parque Olímpico de Sóchi, enquanto o GP de Portugal teve um público de cerca de 28 mil espectadores. No GP de Mônaco deste ano, pouco mais de 7,5 mil pessoas estiveram no evento.

Em 2019, o público no Red Bull Ring se destacou pela enorme torcida por Max Verstappen, que foi o vencedor do GP da Áustria naquele ano. A enorme mobilização nas arquibancadas do circuito ficou conhecida como ‘mar laranja’, que deu à Fórmula 1 um clima de estádio de futebol em pleno verão europeu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar