F1

Confira declarações dos pilotos após primeiro dia de testes coletivos da F1 em Abu Dhabi

Nem bem acabou a temporada 2018 da F1, os pilotos já foram para a pista acelerar. Nesta terça-feira (27), em Abu Dhabi, aconteceu o primeiro dia de testes coletivos, e com o tempo de 1min36s812, Sebastian Vettel se colocou como o mais rápido do dia
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Sebastian Vettel (Foto: Ferrari/Twitter)
A temporada 2018 da F1 acabou, mas os pilotos já voltaram para a pista. Nesta terça-feira (27), aconteceu o primeiro dia de testes coletivos, em Abu Dhabi, e com o tempo de 1min36s812, foi Sebastian Vettel quem apareceu como o mais rápido.
 
Quem ficou com o segundo melhor tempo em Yas Marina foi Valtteri Bottas, 0s419 mais lento que o titular da Ferrari. Comandando pela primeira vez a Force India, Lance Stroll foi o responsável pelo terceiro posto.
 
O dia em Abu Dhabi também foi marcado por outras estreias no pelotão. Pietro Fittiapaldi ficou em oitavo usando as cores da Haas. Enquanto isso, George Russel colocou a Williams em décimo, enquanto Kimi Räikkönen marcou seu retorno na Sauber se colocando em 11º.
 
Outros destaques interessantes da atividade foi Lando Norris que, com 1min38s187, terminou com o sexto melhor tempo com McLaren. Mais para trás, Robert Kubica foi o nono, com uma marca 2s700 inferior a de Vettel.
Sebastian Vettel (Foto: Ferrari/Twitter)
Confira declarações dos pilotos após primeiro dia de testes coletivos em Abu Dhabi:

Sebastian Vettel, primeiro: Vettel lamenta “pequenos problemas”, mas define novos pneus como “quase iguais aos de 2018”

Valtteri Bottas, segundo: "Em termos gerais, o dia de testes em Abu Dhabi foi bom. Completamos nosso programa sem nenhum problema e podemos fazer algumas voltas longas e outras curtas alternando os novos pneus da Pirelli. Podemos ver algumas diferenças para os pneus deste ano, mas temos todo o inverno para trabalhar na compreensão de tudo o que estamos conseguindo nesses testes. Estou seguro de que a Pirelli também vai aprender muito nestes dois dias. Amanhã voltares para a pista pela última vez no ano".

Lando Norris, sexto: “Acho que foi o maior número de voltas que já fiz num dia, então foi bom. Passei por muitas coisas que precisava, como os long runs, o que não tinha feito muito até agora, então, considerando tudo isso, não me senti mal. Não enfrentei o desgaste com os pneus antes, então foi uma das principais coisas que queria enfrentar. Tenho um pouco mais de experiência para o ano que vem agora, com a queda de performance dos pneus e coisas assim. Também queria encaixar outras coisas, como os treinos de largada, e fornecer um feedback. Parece que foi um pouco diferente hoje, percebendo que muitas das coisas que fizeram foram para meu bem e coisas que vão me beneficiar muito no ano que vem. Agora estou tentando fazer com que tudo seja baseado em mim do que em outros pilotos, como no passado como piloto de testes, então definitivamente foi um pouco diferente. Quero muito focar em tentar fazer o melhor que posso, então foi útil".

Pietro Fittipaldi, oitavo: Radiante com estreia pela Haas, Fittipaldi relata “dia maravilhoso” e enche de elogios carro “incrível” da F1

George Russel, décimo: "Após as duas primeiras voltas, tive alguns problemas com o equilíbrio e queria mudar e brincar, mas depois que resolvemos isso, me senti muito confiante no carro. Eu tive um bom feeling de seguir acelerando e explorando o limite, e acho que como um piloto, isso é muito importante, ter essa confiança com o carro. Depois que acertamos o ajuste, eu consegui". 

Lance Stroll, Max Verstappen, Sergio Pérez, Nico Hülkenberg, Robert Kubica, Kimi Räikkönen e Sean Gelael não deram declarações.