Confira velocidades máximas de cada piloto durante treino classificatório do GP da Alemanha de F1

A Manor não avançou ao Q2 com nenhum dos seus dois carros, mas ao menos colocou Pascal Wehrlein e Rio Haryanto no topo do speed trap, que lista as velocidades finais de cada piloto durante o treino classificatório em Hockenheim. O alemão aferiu 341 km/h no fim da curva chamada Parabólica, entre as curvas 5 e 6

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O treino classificatório do GP da Alemanha, ocorrido na tarde deste sábado (30) no circuito de Hockenheim, confirmou a superioridade da Mercedes perante as rivais e viu os dois carros prateados no topo da tabela de tempos. Nico Rosberg bateu Lewis Hamilton e garantiu a pole-position numa sessão que teve a Red Bull em ótima forma e batendo a Ferrari com Daniel Ricciardo em terceiro e Max Verstappen em quarto. A Mercedes também foi destaque em razão da força do seu motor em Hockenheim.
 
A Manor está longe de ter o carro mais equilibrado do grid. Mas o time britânico usou e abusou da potência do motor Mercedes para escapar da última fila, que acabou ficando com os dois carros da Sauber. Pascal Wehrlein, no trecho final da curva Parabólica, entre as curvas 5 e 6 do traçado alemão, anotou 341 km/h em sua melhor passagem no Q1 do treino classificatório.
Wehrlein alcançou a maior velocidade final neste sábado em Hockenheim (Foto: Getty Images)
A equipe britânica completou a dobradinha da lista das maiores velocidades finais deste sábado em Hockenheim com Rio Haryanto. O indonésio anotou 340,4 km/h em sua melhor passagem, também durante o Q1 em Hockenheim. Destaque para o terceiro lugar de Kevin Magnussen, numa prova de que o motor Renault evoluiu muito em termos de potência. O dinamarquês aferiu 339,1 km/h.
 
Só um pouquinho mais atrás vieram os carros da Mercedes. Nico Rosberg e Lewis Hamilton alcançaram velocidades finais muito próximas. No fim das contas, o alemão levou uma ligeira vantagem ao crava 339 km/h contra 338,8 km/h do seu rival e companheiro de equipe. Em sexto na lista apareceu Valtteri Bottas, com 338 km/h em sua melhor passagem.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Só então vieram os carros empurrados pelo motor Ferrari. E aí a equipe de Maranello colocou seus dois carros na lista com Kimi Räikkönen, sétimo lugar depois de aferir 337,7 km/h, enquanto Sebastian Vettel anotou 336,7 km/h. Velocidade semelhante foi registrada por Felipe Massa, décimo colocado no grid e dono de 336,4 km/h como melhor velocidade final, enquanto Sergio Pérez fechou o top-10 da lista com 335,8 km/h.

 
A relação das maiores velocidades finais indica o quanto a Honda precisa evoluir em termos de potência, o que faltou demais para Fernando Alonso e Jenson Button no treino classificatório. O bicampeão do mundo ficou em penúltimo na lista ao aferir 329,5 km/h em sua melhor passagem, sendo 0,5 km/h mais rápido que o britânico, 22º colocado no chamado Speed Trap do treino classificatório do GP da Alemanha.

F1, GP da Alemanha, Hockenheim, treino classificatório, speed trap:

      km/h
1 94 PASCAL WEHRLEIN 341,0
2 88 RIO HARYANTO 340,4
3 20 KEVIN MAGNUSSEN 339,1
4 6 NICO ROSBERG 339,0
5 44 LEWIS HAMILTON 338,8
6 77 VALTTERI BOTTAS 338,0
7 7 KIMI RÄIKKÖNEN 337,7
8 5 SEBASTIAN VETTEL 336,7
9 19 FELIPE MASSA 336,4
10 11 SERGIO PÉREZ 335,8
11 30 JOLYON PALMER 335,6
12 27 NICO HÜLKENBERG 334,7
13 9 MARCUS ERICSSON 334,6
14 33 MAX VERSTAPPEN 334,5
15 21 ESTEBAN GUTIÉRREZ 334,1
16 8 ROMAIN GROSJEAN 334,0
17 3 DANIEL RICCIARDO 332,9
18 12 FELIPE NASR 332,3
19 26 DANIIL KVYAT 332,1
20 55 CARLOS SAINZ JR 331,3
21 14 FERNANDO ALONSO 329,5
22 22 JENSON BUTTON 329,0
 
PADDOCK GP #39 DEBATE F1 E MOTOGP COM CONVIDADO ALEX BARROS

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube