Consultor da Red Bull afirma que Ferrari ainda esconde jogo e reconhece: “Isso é o que mais me preocupa”

Helmut Marko, consultor da Red Bull, admitiu que a Ferrari está realmente escondendo o jogo e que isso é muito preocupante. O austríaco acha que a rival ainda não mostrou seu verdadeiro potencial nos testes e que há mais por vir

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
A Red Bull não escondeu a preocupação com o desempenho apresentado pela Ferrari, especialmente por acreditar que a rival disfarçou o verdadeiro potencial da SF70H em Barcelona, durante os testes da pré-temporada da F1. Para a tetracampeã, os italianos, que lideraram as duas semanas de atividades em Montmeló, construíram um carro muito mais rápido e forte do que mostraram na Catalunha. 

 
Falando ao canal ServusTV, de propriedade da marca dos energéticos, Helmut Marko afirmou que viu uma Ferrari confiante na pista espanhola e que isso, de fato, já é um ponto de apreensão. "A Ferrari está muito forte. E essa é a grande diferença para o ano passado", afirmou o austríaco. 
 
"O que me preocupa um pouco é que conheço Sebastian Vettel muito bem e ele provocativamente levantou o pé em sua volta mais rápida no fim da grande reta. Qualquer um pode ver. E quando você faz algo assim, sua autoconfiança só aumenta, além do conhecimento do carro", completou Helmut, se referindo aos stints do tetracampeão em seu último dia de atividades na semana passada.
Sebastian Vettel (Foto: Twitter/F1)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Apesar da preocupação, Marko acha que a Mercedes e a própria Red Bull também não revelaram sua real performance, muito em função das diferentes configurações e cargas de combustível. "Ninguém mostrou as cartas. Se você carregar 10 kg de combustível, vai ganhar poucos décimos de segundo. Além disso, tem ainda os mapeamentos diferentes dos motores, que podem gerar até um segundo de diferença. Então, muita coisa foi mantida no escuro, mas se a corrida em Melbourne com os mesmos níveis de temperatura que tivemos em Barcelona, então a Ferrari estaria realmente à frente, com certeza", disse.

 
A verdade é que a Red Bull enfrentou mais problemas que suas duas principais adversárias – especialmente com relação à confiabilidade do motor Renault -, mas o consultor da equipe austríaca entende que o RB13 vai apresentar uma evolução concreta com as atualizações que estão por vir. "Tivemos algumas falhas desagradáveis. Portanto, não fomos capazes de obter o progresso que esperávamos. Mas, tradicionalmente, vamos ter peças novas para Melbourne", encerrou.
 
PADDOCK GP #68 ANALISA SEGUNDA SEMANA DE TESTES DA F1 EM BARCELONA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube