Ricciardo prega paz na RB após conflito com Tsunoda: “Precisamos trabalhar juntos”

Apesar do desentendimento e da troca de farpas após o GP do Bahrein, Daniel Ricciardo reforçou que tem o desejo de seguir trabalhando em equipe com Yuki Tsunoda

Daniel Ricciardo está disposto a manter a boa relação com Yuki Tsunoda, mesmo após o conflito envolvendo os dois pilotos na etapa de abertura da Fórmula 1 no Bahrein. De acordo com o australiano, a dupla precisa seguir unida e trabalhando junto para desenvolver o potencial da VCARB 01 e brigar frequentemente por pontos ao longo do ano.

A poucas voltas do fim do GP do Bahrein, Tsunoda não conseguia superar Kevin Magnussen em uma briga que valia a 12ª posição. Então a RB solicitou que o japonês abrisse caminho para Ricciardo, que vinha mais rápido com pneus macios e poderia ser uma ameaça maior para o piloto da Haas. Yuki relutou e reclamou da ordem recebida, mas acabou abrindo passagem para o companheiro.

Relacionadas


Daniel, no entanto, não superou Magnussen, mas também não devolveu a posição para japonês. Indignado, o #22  jogou o carro na direção de Ricciardo na curva 8, após a bandeirada final em Sakhir. O #3 mostrou sua insatisfação e chamou Tsunoda de “imaturo”.

Apesar da troca de farpas entre os pilotos, Ricciardo reiterou que a troca de posições foi algo combinado com a equipe antes da largada do GP do Bahrein. O australiano também fez questão de afirmar que o incidente ficou no passado e o foco é trabalhar bem em equipe durante a longa temporada 2024.

No fim da corrida, Tsunoda ainda jogou o carro para cima de Ricciardo (Vídeo: reprodução/F1 TV)

“Olha, é a primeira corrida de 24. Sim, houve um pouco de conflito, mas não quero que as coisas sigam dessa forma. Acho que falamos sobre isso agora no briefing, e espero que, quando ele se acalmar, ele possa dizer: ‘OK, eu deveria ter mudado as posições uma volta antes”, apontou Daniel.

“Ainda não conversei com ele e vou deixá-lo esfriar a cabeça. Nós sabemos como ele é e no momento ele está muito… Este é Yuki. Mas quando voltarmos para o hotel depois da corrida, acredito que ele ficará bem. Estou bem. Claro, novamente, estou pensando a longo prazo. Esta é uma temporada longa, então precisamos trabalhar juntos, então não vou entrar lá com uma atitude raivosa. É só que temos de ser muito honestos e realistas de que isso deveria ter acontecido quando eles pediram”, finalizou Ricciardo.

A temporada 2024 da Fórmula 1 continua nesta semana, entre a quinta-feira (7) e o sábado (9) de março, com o GP da Arábia Saudita, em Jedá. O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades e transmite classificação e corrida em segunda tela, em parceria com a Voz do Esporte, na GPTV, o canal do GP no Youtube. Além disso, debate tudo que aconteceu na pista com o Briefing após segundo treino livre e classificação, além de antes e depois da corrida.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.