“É justo questionar por que estamos aqui”, diz Vettel sobre crise com coronavírus

Sebastian Vettel concordou com Lewis Hamilton sobre questionar a F1 por seguir com a programação do GP da Austrália mesmo em meio ao caos provocado pela pandemia do coronavírus. Contudo, o tetracampeão disse que é “muito difícil ter um julgamento justo” a respeito da crise

GUIA 2020
_Coronavírus e polêmica no caso FIA/Ferrari abrem ano de espera por revolução

Presente à entrevista coletiva promovida pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) na tarde desta quinta-feira (12) em Melbourne, palco do GP da Austrália, Sebastian Vettel foi naturalmente indagado sobre a crise global gerada pela pandemia do coronavírus. O piloto concordou com Lewis Hamilton sobre questionar a F1 por seguir com a programação do GP da Austrália.

 
O mundo do esporte vem sofrendo com várias baixas nas últimas semanas em razão da propagação da doença. Só na última quarta-feira foram adiados o GP da Argentina de MotoGP e as etapas da França e da Espanha do Mundial de Superbike, foram canceladas as 1000 Milhas de Sebring do WEC, e a temporada da NBA foi suspensa por tempo indeterminado.
 
Entretanto, a programação da F1 para o GP da Austrália segue, ao menos por enquanto, como o previsto. Cinco funcionários, sendo quatro da Haas e um da McLaren, estão em regime de quarentena por apresentarem sintomas de Covid-19. Os profissionais fizeram exames, que ainda não tiveram os respectivos resultados divulgados.
Sebastian Vettel entende que é difícil julgar o fato de a F1 seguir em frente mesmo com o coronavírus (Foto: Ferrari)
O alemão disse que, no momento, é “muito difícil ter um julgamento justo. Claro que você percebe que muitas competições esportivas, grandes eventos, são adiados ou cancelados. Como Lewis disse, é justo questionar por que estamos aqui”.
 
“Obviamente, temos de confiar na FIA e na FOM e adotar precauções, o máximo possível. Mas acho que a resposta que ninguém pode dar no momento é o quanto você pode controlar o que está acontecendo. Por uma questão de fato, estamos aqui, então acho que temos simplesmente de nos cuidar, o máximo possível”, comentou.
 
Por outro lado, Vettel se considera afortunado pelo fato de que os pilotos em si têm a chance de assegurar uma distância maior em relação a grandes aglomerações de pessoas.
 
“Para ser totalmente sincero, provavelmente estamos numa situação de sorte. Obviamente, estamos expostos a pessoas e assim por diante, mas acho que podemos controlar amplamente nossa própria situação. Obviamente, no carro, nem sequer temos um passageiro”, concluiu.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todo o fim de semana do GP da Austrália de F1. Siga tudo aqui.

Paddockast #51
QUEM VENCEU DRIVE TO SURVIVE 2

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube