Ecclestone descarta esposa brasileira como sucessora no comando da F1: “Eu a amo demais para castigá-la com isso”

A nova dona da F1, a Liberty Media, convidou Bernie Ecclestone para seguir à frente do esporte por pelo menos mais três anos. Mas a idade avançada do dirigente, hoje com 85 anos, faz com que os debates sobre seu sucessor sejam intensos. Mas Bernie descartou a possibilidade de ver sua esposa, a brasileira Fabiana Flosi, sucedê-lo no comando da F1

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

 
Desta forma, e até considerando sua idade avançada, Bernie vive a responder perguntas sobre quem seria seu sucessor ideal no comando da F1. Casado com a advogada brasileira Fabiana Flosi, Ecclestone considerou a esposa como um bom nome por entender que “ela poderia fazer um trabalho muito melhor do que outras pessoas” envolvidas com a F1. Mas Bernie disse que não quer ver sua esposa na chefia do esporte.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Bernie Ecclestone descartou a esposa, Fabiana Flosi, como sua sucessora no comando da F1 (Foto: Getty Images)
Em entrevista a Eddie Jordan, ex-chefe de equipe na F1 e hoje comentarista na emissora britânica BBC, Ecclestone fez sua galhofa quando questionado sobre o tempo em que espera ainda estar no comando da F1.
 
“Honestamente, nunca falei com ninguém sobre isso, então não sei se você deve publicar, mas fiz planos. Só vou continuar fazendo isso por mais 25 anos [risos]”, disse o ex-piloto e dirigente máximo da categoria.
 
Em seguida, Jordan perguntou sobre a possibilidade de Fabiana assumir seu lugar na F1. Bernie negou e citou o fato de sua esposa chefiar os rumos da fazenda Ycatu, em Amparo, no interior de São Paulo.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“Não, porque ela está chefiando uma fazenda de café no Brasil. E eu a amo demais para castiga-la com isso”, comentou Ecclestone, que deixou claro que vê em Fabiana total capacidade para comandar a F1. “Poderia… vamos colocar desta forma. Ela certamente poderia fazer um trabalho muito melhor do que outras pessoas que estão envolvidas com isso.”

 
Por fim, Ecclestone voltou a brincar sobre seu casamento. Jordan o considerou um homem de sorte por estar ao lado de Fabiana. Bernie, então, destacou um dos motivos para a brasileira ter casado com ele. “Meu charme”, brincou o patrão da F1.
PADDOCK GP #45 COMENTA FIM DE SEMANA COM F1, INDY, MOTOGP E WEC

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube