Em 2º treino disputado na Malásia, Rosberg ganha de Räikkönen e Vettel. Perto, Massa é sexto

A Mercedes ditou o ritmo na Malásia nesta sexta-feira (28). Lewis Hamilton foi o mais rápido pela manhã, enquanto Nico Rosberg liderou o treino livre 2. A equipe alemã teve a companhia da Ferrari de Kimi Raikkonen e da Red Bull de Sebastian Vettel na parte de cima da tabela

Foi da Mercedes o melhor tempo registrado nesta sexta-feira (28) em Sepang, no primeiro dia de treinos livres para o GP da Malásia, apenas o segundo de 2014. O autor da marca mais rápida do dia foi Nico Rosberg, que alcançou a liderança na segunda sessão ao virar 1min39s909.

Só que desta vez as rivais ficaram mais próximas, e a equipe alemã teve a companhia da Ferrari e da Red Bull na parte de cima da tabela de tempos. Kimi Räikkönen, ao que parece, superou os problemas de adaptação à F14T e andou apenas 0s035 mais lento que o germânico do carro prateado.

Sebastian Vettel também mostrou que a equipe austríaca está mais forte do que o imaginado e terminou em terceiro as atividades vespertinas, a impressionantes 0s061 de Robserg. Lewis Hamilton, mais rápido pela manhã, ficou com o quarto tempo, à frente de Fernando Alonso. Felipe Massa colocou a Williams mais perto dos ponteiros, em sexto.

Nico Rosberg liderou o segundo treino livre (Foto: Getty Images)

Confira como foi o segundo treino livre da F1 em Sepang

A quente tarde em Sepang começou com a notícia da ausência de Kamui Kobayashi na segunda sessão de treinos desta sexta-feira (28). Com pouco menos de dez minutos para o início dos trabalhos, a Caterham, por meio do Twitter, informou que o japonês estava fora devido a “problemas no CT05”. Na verdade, a falha no carro foi com o sistema de armazenamento de energia.

Com bandeira verde, as atividades vespertinas tiveram um início bem mais agitado do que pela manhã, com quase todos na pista e já assinalando voltas rápidas. Depois de enfrentar muitos problemas com E22 no primeiro treino, Romain Grosjean saiu logo nos primeiros minutos e figurou na ponta com 1min44s005, sendo este também o primeiro registro cronometrado da Lotus no dia. Já o colega do franco-suíço, Pastor Maldonado, teve bem menos sorte. O venezuelano ficou nos boxes à espera de um milagre para o errático carro inglês.

Enquanto Grosjean ocupava a ponta da tabela de tempos, Max Chilton se via em apuros depois de rodar e escapar da pista na curva 3. Sem conseguir sair do lugar, o inglês da Marussia teve de deixar o carro por lá mesmo, provocando uma bandeira amarela no local. Apesar do aviso, o circuito malaio logo se encheu de carros, e Nico Hülkenberg foi capaz de superar Grosjean, trazendo consigo Jenson Button. Ao mesmo tempo, Jean-Éric Vergne rodava na última curva de Sepang.

Romain Grosjean viveu um calvário hoje (Foto: Getty Images)

Aí o treino começou a ganhar corpo, com um revezamento de líderes, que incluiu Valtteri Bottas, Lewis Hamilton e Fernando Alonso. Mas quem acabou ganhando mesmo a disputa foi o espanhol da Ferrari. O bicampeão assegurou o primeiro posto com a volta em 1min40s737, apenas 0s048 mais veloz que Hamilton, segundo colocado. Bottas e Massa apareciam na sequência, mas com uma diferença um pouco maior, na casa de três décimos.

Daniel Ricciardo era quem ocupava o sexto posto, atrás das Williams. O australiano, entretanto, foi logo superado pelo colega de Red Bull, Sebastian Vettel. Depois de um primeiro treino discreto o tetracampeão veio forte e se colocou em terceiro. Kimi Räikkönen, Nico Rosberg, Button e Esteban Gutiérrez fechavam o top-10. Todos ainda com os pneus mais duros. Mas a troca para os médios não demorou.

O primeiro a sair com os compostos de risca branca foi Marcus Ericsson, único representante da Caterham no treino. Sergio Pérez, que sequer registrou tempo na sessão matutina, veio na sequência com os médios. Kevin Magnussen seguiu o exemplo dos dois pilotos. Na primeira tentativa de volta rápida calçado com os pneus médios, Pérez foi apenas o 11º. Já Magnussen não passou do 15º tempo. Hamilton e Massa também voltaram com os médios – que são a opção mais macia para essa corrida.

Ao contrário dos rivais, o brasileiro da Williams foi quem primeiro tirou proveito dos compostos de marca branca, virando 1min40s112 e saltando para a ponta. Mas a liderança durou apenas segundos, já que Rosberg surgiu forte logo depois e já com 1min39s909. Hamilton apareceu na sequência para assumir o segundo lugar, empurrando Felipe para terceiro. Alonso, Magnussen e Vettel completavam os seis mais rápidos.

Kimi Räikkönen enfrentou menos problemas com a F14T no primeiro dia em Sepang (Foto: Getty Images)

Com todos melhorando suas marcas, Räikkönen foi o segundo piloto a entrar na casa de 1min39s. Apenas 0s035 mais lento que Rosberg, o ferrarista passou para segundo. Hamilton, Alonso e Massa permaneciam entre os cinco. Minutos mais tarde, o treino livre 2 viu uma briga interessante entre os companheiros de Red Bull pelas posições intermediárias do top-10.

Sebastian Vettel, depois de uma sequência de boas voltas, alcançou o sexto lugar, para em seguida aparecer em terceiro, a somente 0s061, largando o colega Ricciardo em sétimo. Button, Bottas e Hülkenberg vinham entre os dez melhores. Nos 40 minutos finais da sessão, muitos pilotos optaram por andar com tanque cheio, já como forma de preparação para a corrida.

Calçados com os pneus duros, Rosberg e Bottas foram os primeiros do grupo a testar visando o GP de domingo. Já Hamilton tentava o mesmo, mas com os compostos médios. Hülkenberg, Räikkönen, Alonso e Massa seguiam o exemplo dos adversários. Vettel veio logo depois, seguido por Massa.

A parte final do treino viu pouquíssimas alterações na tabela de tempos, principalmente porque todos se mostraram mais preocupados em analisar os dois tipos de pneus, além do acerto para a corrida.

Sebastian Vettel foi o terceiro (Foto: Getty Images)

Enquanto isso, a Lotus seguia com seu calvário e derrota. Sem conseguir fazer o carro de Maldonado andar devido a um problema no turbo do motor Renault, as atenções estavam em Grosjean, que tentava imprimir um ritmo mais sólido para os padrões do E22. O esforço, mais uma vez, foi em vão. A sessão para o francês não passou de 14 voltas. No fim, ainda parou com problemas no câmbio.

'TOP GEAR BARBADOS' com LEWIS HAMILTON e o GRANDE PRÊMIO


F1, GP da Malásia, Sepang, treino livre 2:

1 6 NICO ROSBERG ALE MERCEDES 1:39.909   30
2 7 KIMI RÄIKKÖNEN FIN FERRARI 1:39.944 +0.035 30
3 1 SEBASTIAN VETTEL ALE RED BULL RENAULT 1:39.970 +0.061 30
4 44 LEWIS HAMILTON ING MERCEDES 1:40.051 +0.142 32
5 14 FERNANDO ALONSO ESP FERRARI 1:40.103 +0.194 29
6 19 FELIPE MASSA BRA WILLIAMS MERCEDES 1:40.112 +0.203 34
7 3 DANIEL RICCIARDO AUS RED BULL RENAULT 1:40.276 +0.367 29
8 22 JENSON BUTTON ING McLAREN MERCEDES 1:40.628 +0.719 28
9 77 VALTTERI BOTTAS FIN WILLIAMS MERCEDES 1:40.638 +0.729 35
10 27 NICO HÜLKENBERG ALE FORCE INDIA MERCEDES 1:40.691 +0.782 34
11 25 JEAN-ÉRIC VERGNE FRA TORO ROSSO RENAULT 1:40.777 +0.868 33
12 20 KEVIN MAGNUSSEN DIN McLAREN MERCEDES 1:41.014 +1.105 20
13 99 ADRIAN SUTIL ALE SAUBER FERRARI 1:41.257 +1.348 28
14 26 DANIIL KVYAT RUS TORO ROSSO RENAULT 1:41.325 +1.416 32
15 21 ESTEBAN GUTIÉRREZ MEX SAUBER FERRARI 1:41.407 +1.498 34
16 11 SERGIO PÉREZ MEX FORCE INDIA MERCEDES 1:41.671 +1.762 25
17 8 ROMAIN GROSJEAN FRA LOTUS RENAULT 1:42.531 +2.622 14
18 4 MAX CHILTON ING MARUSSIA FERRARI 1:43.638 +3.729 20
19 17 JULES BIANCHI FRA MARUSSIA FERRARI 1:43.752 +3.843 29
20 9 MARCUS ERICSSON SUE CATERHAM RENAULT 1:45.703   31
21 10 KAMUI KOBAYASHI JAP CATERHAM RENAULT     0
22 13 PASTOR MALDONADO VEN LOTUS RENAULT     0
    TEMPO 107% TL1   1:46.903 +6.994  
               
RECORDE FERNANDO ALONSO ESP RENAULT 1:32.582 19/03/2005  
MELHOR VOLTA JUAN PABLO MONTOYA COL WILLIAMS BMW 1:34.223 21/03/2004  

Viaje para Mônaco e acompanhe o GP mais tradicional do Mundial da F1 com o GRANDE PRÊMIO por um PREÇO ESPECIAL. Veja o pacote aqui:

Foto: Mais uma novidade nesta semana de início da F1: leitor/seguidor do GRANDE PRÊMIO tem preço especial na compra dos pacotes com a AMK Viagens. Já pensou em ir para Mônaco e acompanhar essa F1 imprevisível no glamour do Principado? Dica de amigo: dá uma olhadinha, fala com os amigos e entra em contato com o Edgar Efeiche para uma viagem em alta velocidade: http://www.amkviagens.com.br/2011/index.php/terrestres_internacionais/ver/104
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube