Equipes da F1 devem ter mais liberdade de escolha sobre pneus a partir da temporada 2016, diz revista

De acordo com a revista britânica ‘Autosport’, a Pirelli deverá adotar cinco tipos de pneus para pista seca a partir do ano que vem, com os times podendo escolher entre três em cada fim de semana de corrida, sendo que um deles será de uso obrigatório para todas as equipes do grid. A decisão final será tomada durante reunião do Conselho Mundial da FIA, no próximo dia 30

A partir da próxima temporada, as equipes da F1 terão mais liberdade de escolha sobre os pneus que vão utilizar em cada fim de semana de GP. Já era um desejo antigo de boa parte dos times do grid, e tal proposta foi levada e aprovada pelo Grupo de Estratégia da F1. Entretanto, a Pirelli seguirá tendo sua influência na escolha dos compostos nas etapas do Mundial. É o que revela a revista britânica ‘Autosport’.

A primeira proposta levada pelo Grupo de Estratégia indicava que as equipes teriam total liberdade para escolha dos pneus, mas após um acordo com a fornecedora, chegou-se a um meio termo.

A Pirelli oferecerá uma gama maior de pneus às equipes em 2016. Falta só a aprovação da FIA (Foto: Pirelli)

Na atual configuração de pneus fornecidos pela Pirelli, são quatro os tipos listados para pista seca: duros (laranja), médios (branco), macios (amarelo) e supermacios (vermelho). De acordo com a publicação, a Pirelli planeja adotar mais um tipo de pneu, o super-supermacio. 

Dentre os cinco tipos de pneus, a fábrica de Milão vai escolher três deles em cada fim de semana. E dentre os três escolhidos, um deles será de uso obrigatório para todas as equipes do grid. Acredita-se que a Pirelli deverá adotar uma escolha mais conservadora como pneu obrigatório, enquanto as equipes terão a chance de adotar um tipo de pneu mais agressivo, levando em conta as características da pista, por exemplo.

Com base na escolha adotada pelas equipes, cada time ficará com outros dois tipos de pneus disponíveis ao lado da opção obrigatória. Aí, o regulamento vai exigir que cada escuderia opte por um deles, completando assim os dois pneus para pista seca que serão usados no fim de semana.

No sentido de facilitar a compreensão do público, os cinco compostos serão rotulados de 1 a 5 ou de A a E. Contudo, as três opções escolhidas a cada fim de semana simplesmente serão denominadas macio, médio e duro.

Para testar o novo composto de pneu a ser fabricado pela Pirelli, Paul Hembery, diretor-esportivo da fornecedora, pretende trabalhar no seu desenvolvimento após o fim da atual temporada. “Teremos alguns dias de testes depois de Abu Dhabi para desenvolver o super-supermacio, que fará muito mais sentido quando as regras para 2016 forem divulgadas. Esta é a situação de momento. Isso só precisa ser ratificado”, garantiu.

A decisão final sobre a escolha dos pneus por parte das equipes a partir do ano que vem será definida por meio de voto eletrônico no Conselho Mundial da FIA, que acontecerá em Paris, no próximo dia 30 de setembro, quarta-feira.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube