Ex-dono da Force India parabeniza Racing Point por vitória: “Particularmente orgulhoso”

Vijay Mallya vendeu a então Force India para Lawrence Stroll em 2018, e dois anos depois a agora Racing Point finalmente venceu uma corrida. Mas o indiano não deixou de aparecer para parabenizar

Não só pessoas diretamente envolvidas com a Fórmula 1 na atualidade comemoraram a vitória de Sergio Pérez no GP de Sakhir no último domingo (6), a primeira do mexicano na categoria. Além do piloto, dos membros da Racing Point e da torcida mexicana, uma celebração veio diretamente da Índia: a de Vijay Mallya.

Este, claro, é o milionário que comandou a equipe rosa enquanto ela se chamou Force India, de 2008 a 2018. Mallya deixou a F1 há dois anos, quando chegou à falência e acabou vendida para Lawrence Stroll, além de mudar de nome.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

SERGIO PÉREZ; GP DE SAKHIR; F1; FÓRMULA 1; VITÓRIA;
Sergio Pérez se emociona com a vitória no GP de Sakhir de F1 (Foto: Racing Point)

O indiano foi quem contratou Pérez para a Force India, em 2014, e consequentemente viu cinco pódios do mexicano na F1 sob seu comando. Então, agora que o primeiro triunfo chegou, Mallya também ‘tirou sua casquinha’.

No Twitter, escreveu: “Um grande dia para a Racing Point e para Checo Pérez graças à primeira vitória. Grande atuação de Lance Stroll, terceiro. Parabéns a todos. Estou particularmente orgulhoso, já que é a mesma Force India que entregou este maravilhoso resultado… Com meu amigo Lawrence Stroll no comando.”

Apesar do parabéns, Mallya não é tão querido dentro da equipe atual: Otmar Szafnauer, chefe do time, disse em janeiro deste ano que Stroll mostra mais interesse que o indiano.

“Ele [Stroll] quer entender todos os aspectos das coisas que fazemos. O Vijay [Mallya] não participava, deixava rolar e olhava a equipe de cima. Ele gostava muito de automobilismo, você o via presente em quase todas as corridas, só que nos últimos dois anos só dava para encontrá-lo na fábrica em quatro ou cinco dias por ano. O Lawrence agora vem para a fábrica dois ou três dias por semana. Então estamos falando do Lawrence vindo de oito a dez vezes por mês e o Vijay vindo cinco dias por ano. É uma diferença enorme”, falou à época Szafnauer.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube