Ex-empresário vê retorno de Schumacher em 2010 como “coisa mais estúpida”

Willi Weber falou sobre o retorno de Schumacher em 2010, que motivou o rompimento da relação profissional da dupla

Paddockast #66 | Os pilotos mais superestimados da história da F1
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

Willi Weber foi empresário de Michael Schumacher por um longo período na carreira do heptacampeão. Aos 78 anos de idade, ele voltou a revelar histórias de sua relação com o alemão, agora abordando o retorno do piloto ao grid em 2010.

Em entrevista ao site alemão Motorsport-Total.com, Weber afirmou que contestou muito a decisão do retorno de Schumacher, que assinou para competir com a Mercedes após se aposentar na Ferrari em 2006.

“Com todo respeito, mas do meu ponto de vista, foi a coisa mais estúpida que ele poderia fazer. Ele me disse que estava entediado, que tinha de pilotar. Aí eu disse: ‘Michael, o que você quer? Você só pode perder. Você não pode mais vencer, já ganhou tudo, é o melhor do mundo, está no maior pedestal existente, só vai perder agora’. Porém, ele não quis ouvir”, declarou.

Última corrida de Michael Schumacher na F1 foi em 2012 (Foto: Reprodução)

Na Mercedes, Schumacher ficou longe do desempenho e dos resultados que o consagraram como um dos grandes de todos os tempos. Registrou apenas 1 pódio em 58 corridas, e fechou as três temporadas atrás do companheiro Nico Rosberg.

Weber tinha contrato para agenciar Michael até 2014, mas o vínculo acabou quebrado na hora do alemão retornar ao grid. Willi deu detalhes do término amigável, mas antes do previsto.

“Depois de alguns anos fora da Fórmula 1, eu não queria mais arrumar malas, sofrer com jet lag ou ficar em um avião por 24 horas. Tudo aquilo era muito para mim. Imaginei isso e falei para ele que apenas faria parte das corridas europeias, mas ele voltou e falou que faria tudo sozinho. Disse que era um erro, mas ele falou que se eu nao fosse, faria tudo sozinho”, concluiu.

Com 51 anos, Michael Schumacher está em coma desde um acidente de esqui em 2013.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube