Experiência, gestão de pneus e altos e baixos de Albon: por que Red Bull escolheu Pérez

Em entrevista à emissora austríaca Servus TV na noite da última segunda-feira, Helmut Marko explicou os motivos que fizeram a Red Bull preterir Alexander Albon e trazer Sergio Pérez como titular para a temporada 2021. O dirigente lembrou que o mexicano traz também conhecimento sobre os motores Mercedes, que empurraram seus carros desde 2014

A contratação de Sergio Pérez pela Red Bull para a temporada 2021 representou uma ampla mudança de paradigma na equipe dos energéticos nos últimos anos. Desde o fim do ciclo de Mark Webber, em 2013, a escuderia de Milton Keynes sempre contou com pilotos formados ou que passaram a fazer parte do seu programa de desenvolvimento. Mas o ano oscilante de Alexander Albon, em contraste com a temporada excepcional de ‘Checo’, com direito à conquista de uma vitória com a Racing Point, foram determinantes para que o mexicano de 30 anos fosse escolhido para substituir o anglo-tailandês no ano que vem.

Na noite da última segunda-feira (21), Helmut Marko, consultor da Red Bull e figura determinante para a contratação de Pérez, concedeu entrevista ao canal austríaco Servus TV, emissora ligada à empresa dos energéticos. Ao lado de Max Verstappen, o dirigente explicou por que ‘Checo’ foi contratado. E além da bagagem de dez temporadas, o mexicano foi escolhido porque é de consenso dentro da equipe que a sua chegada vai fortalecer as estruturas visando a busca pelo título mundial, além de o piloto nascido em Guadalajara ter bom conhecimento dos motores Mercedes, que empurraram seus carros desde 2014, no início da era híbrida.

“Nosso objetivo é conquistar o título mundial, como aconteceu anos atrás. Para isso, precisamos de dois carros que possam lutar na parte da frente, é sobre estratégia. Pérez está mais em forma do que nunca. Com Alex Albon, no entanto, houve altos e baixos, de modo que tivemos de tomar uma decisão”, explicou Marko.

SERGIO PÉREZ; RACING POINT; ABU DHABI;
Pérez vai defender as cores da Red Bull em 2021 (Foto: Racing Point)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Se queremos buscar o título dos Construtores, precisamos ter um homem forte no segundo carro”, salientou.

Sobre a Mercedes, Marko espera que ‘Checo’ compartilhe seu conhecimento sobre as unidades motrizes alemãs. “Sergio traz muito conhecimento sobre a Mercedes. Quando eles [Racing Point] encerraram o contrato com ele, naturalmente que ele passou a observar muito atentamente o que a Mercedes faz. Espero muitas informações da parte dele”.

O consultor da Red Bull destacou um dos pontos fortes mais conhecidos de Sergio. “Pérez tem uma gestão dos pneus que é incrível. Seus dez anos de experiência são uma vantagem”.

Por fim, Marko lembrou que não fazia sentido, para uma equipe como a Red Bull, ter somente um piloto entre os ponteiros, como foi o caso de Max Verstappen nos últimos anos, enquanto o segundo carro poucas vezes lutou efetivamente pelo pódio, como foi com Pierre Gasly no começo do ano passado e com Albon no último ano e meio.

“Foi uma negociação de contrato relativamente curta, é um acordo de um ano. Podemos intervir se ele receber outras ofertas. O pano de fundo é: desde que Max está conosco, com exceção de [Daniel] Ricciardo, o segundo carro sempre está atrás. Também é algo que vai contra a nossa filosofia. Até agora, quase sempre tivemos pilotos do nosso programa”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube