F1 adia novo regulamento para 2022, mas mantém teto orçamentário para 2021

Depois de reunião nesta quinta-feira (19), em que ficou determinado o adiamento das etapas da Holanda, Espanha e Mônaco, os chefes da F1 também concordaram em adiar o regulamento de 2021 para 2022, devido ao atraso da atual temporada, que sofre com o severo impacto do novo coronavírus

COMO SE PREVENIR DO CORONAVÍRUS:
 

☞ Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.
☞ Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.
☞ Evite aglomerações se estiver doente.
☞ Mantenha os ambientes bem ventilados.
☞ Não compartilhe objetos pessoais.

De modo severo e sem precedentes, a F1 também tenta lidar com o impacto do avanço do novo coronavírus ao redor do mundo. Depois de se ver obrigada a cancelar a primeira etapa da temporada 2020, na Austrália, e a adiar as seis provas seguintes do calendário, o comando da maior categoria do esporte a motor precisou tomar talvez a medida mais extrema desde o início da crise provocada pela Covid-19 no campeonato. Em reunião nesta quinta-feira (19), a FIA (Federação Internacional de Automobilismo), o Liberty Media, grupo que detém os direitos comerciais da F1, e os chefes das equipes decidiram adiar a mudança de regras que estava programada para 2021. Agora, o regulamento que pretende alterar drasticamente o Mundial somente entrará em vigor em 2022. 
 

A decisão foi tomada diante das dúvidas com relação ao controle do coronavírus. Neste momento, sequer há uma certeza sobre o início da nova temporada. O encontro entre os líderes da F1 foi conduzido por meio de uma conferência por telefone. A ideia de manter as regras de 2020 também para o ano que vem vai permitir que as equipes tenham mais tempo para desenvolver os novos modelos. As determinações também estebeleceram o congelamento de elementos como os chassis, caixa de câmbio e suspensão, como forma de controlar gastos.
Chase Carey e Ross Brawn comandaram a reunião que adiou as regras de 2021 (Foto: RV Press)

Ainda que tenha obtido um acordo para adiar o novo regulamento, a F1 vai também introduzir as regras financeiras de 2021, incluindo o limite de custos de US$ 175 milhões, R$ 887 mi, na cotação do dia. Todas as mudanças do ponto de vista esportivo e que alteram aspectos do fim de semana de GP também vão entrar em vigor.
 

A iniciativa se deve também à perspectiva de uma drástica queda da receita da F1, em virtude da redução no número de etapas neste ano. Por isso, também, as equipes aceitaram flexibilizar o calendário. 
 
A F1 e a FIA já haviam decidido antecipar as férias do verão europeu. Agora, as escuderias têm de paralisar as atividades por 21 dias, entre março e abril.

O comunicado da FIA na íntegra:

"Após um acordo unanime entre FIA, Fórmula 1 e todas as equipes, a implementação das Regulamentações Técnicas, que estava marcada para a temporada 2021, será adiada até 2022.
 
Todas as partes discutiram ainda a situação do campeonato 2020 e como o esporte irá reagir aos desafios atualmente em curso por conta da pandemia da Covid-19. Por conta da situação financeira volátil que isso criou, os times concordaram em usar os chassis de 2020 em 2021, com potencial congelamento de outros componentes que serão discutidos no momento correto.
 
A introdução e implementação do Regulamento Financeiro vai seguir conforme planejado para 2021, e as discussões seguem acontecendo entre FIA, F1 e todas as equipes a respeito de como avançar de maneira significativa de poupar custos.
 
Todas as equipes expressaram o suporte pelos esforços atuais de FIA e F1 em reestruturar o calendário de 2020 conforme a situação mundial em relação à Covid-19 se desenvolve.
 
Todos esses compromissos serão submetidos às estruturas governantes relevantes para a ratificação final."
 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube