F1 altera programação em Mônaco e faz treinos livres na sexta-feira a partir de 2022

A partir de 2022, a tradicional programação do GP de Mônaco será alterada pela Fórmula 1: os treinos livres vão acontecer na sexta-feira, segundo Stefano Domenicali, CEO da F1

Ao que tudo indica, uma mudança histórica na Fórmula 1 vai acontecer a partir de 2022. O clássico GP de Mônaco tem como exceção realizar os treinos livres da categoria na quinta-feira, deixando a sexta-feira livre para um dia de folga e de confraternizações entre as equipes. Algumas das festas mais tradicionais do circuito, inclusive. Mas Stefano Domenicali, chefão da F1, já avisou que isso vai mudar.

Segundo Domenicali, a etapa em Monte Carlo vai seguir o cronograma comum de um GP a partir do ano que vem: treinos na sexta-feira, classificação no sábado e a corrida no domingo.

“O GP de Mônaco acontecerá em três dias corridos”, disse Domenicali, em entrevista à estadunidense CNN Sport. “Então, sexta, sábado e domingo, em vez de quinta-feira, pausa, e depois sábado e domingo. Essa é a mudança que vamos introduzir no próximo ano”, acrescentou.

Há, no entanto, uma explicação para a ‘sexta-feira livre’ nas etapas da F1. As ruas do Principado recebem a categoria no fim de semana após o feriado do Dia da Ascensão, sempre 40 dias depois do domingo de Páscoa – sempre em quintas-feiras. Assim, como mais pessoas estariam de folga neste dia, e também por uma questão de evitar trânsito comercial às sextas-feiras pós-feriado, os treinos ficam para a quinta. As datas do feriado poucas vezes nos últimos 70 anos não coincidiram, mas os organizadores sempre optaram por manter a tradição.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Max Verstappen venceu o GP de Mônaco de 2021 (Foto: Red Bull Pool Content/ Getty Images)

Ainda nem dá para saber se martírio acabou, mas Ricciardo deu lembrete de quem é
Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Mas a mudança já está com horas contadas para acontecer, de acordo com o CEO da Fórmula 1. Mais detalhes sobre a alteração deverão ser reveladas no Conselho Mundial de Automobilismo da FIA, em Paris, no dia 15 de outubro. Também serão abordados temas sobre o calendário da categoria, que tem o objetivo de receber 23 corridas em 2022.

“Recebemos interesse de Kyalami [que fica na África do Sul] em voltar ao calendário”, disse Domenicali. “Claro, discutimos com eles para ver se estão prontos do ponto de vista técnico e financeiro para serem inseridos no calendário, então há discussões. Também recebemos outras solicitações de mais países da África mas, neste momento, preciso manter a confidencialidade”, concluiu.

Por enquanto, a Fórmula 1 segue com o GP da Rússia, em Sóchi, no próximo fim de semana. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades AO VIVO e EM TEMPO REAL.

O QUE É O HALO, COMO PROTEGEU HAMILTON NA F1 E QUEM É SEU ‘AVÔ’ BRASILEIRO

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar