F1

F1 confirma reviravolta e anuncia renovação de contrato com GP do México até 2022

Após a chefe do governo da Cidade do México, Claudia Sheinbaum Pardo, afirmar que o acordo estava feito, agora foi a vez da Fórmula 1, por meio de comunicado oficial, quem confirmou que a etapa sgue no calendário. O novo acordo será por mais três etapas, entre 2020 e 2022

Grande Prêmio / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro / GABRIEL CARVALHO, de Campinas
A organização do GP do México já havia feito o anúncio na última quarta-feira, mas a Fórmula 1 finalmente confirmou a informação no começo da tarde desta quinta-feira (8). Após parecer carta fora do baralho durante meses, o México permanece no calendário até o fim da temporada 2022.
 
Quem vai bancar o evento é a iniciativa privada, deixando o governo federal fora da maioria das obrigações que tinha nos últimos anos. 
 
"Estamos honrados em anunciar que renovamos nossa parceria com a Cidade do México, que vai receber o GP do México até 2022. Desde que retornaram ao calendário, em 2015, este evento sempre provou ser muito popular com público e fãs, e não só no México, mas no mundo inteiro. Prova disso é que os promotores receberam o prêmio da FIA de melhor evento em quatro anos seguidos, e nestes quatro anos, mais de 1,3 milhão de espectadores compareceram ao GP, que também tem um impacto econômico para a cidade, reforçando suas credenciais como ponto turístico", falou o diretor-executivo da F1, Chase Carey. 
 
"Quero agradecer o prefeito, a Claudia Sheinbaum Pardo e todo o governo pelos esforços para assegurar a permanência na F1 no México, e estou ansioso para ver um grande público no Autódromo Hermanos Rodriguez entre os dias 25 e 27 de outubro para o GP do México de 2019", seguiu.
Chase Carey (Foto: Reprodução)
Claudia Sheinbaum Pardo, chefe de governo local da Cidade do México, também comemorou a permanência da capital no calendário.
 
"A presença da Fórmula 1 na cidade por mais três anos foi alcançada pela primeira vez com um novo modelo financeiro em que recursos públicos não são utilizados. Anteriormente, o governo federal colaborou com pagamento para o evento. O governo da Cidade do México será um intermediário, criando a confiança de arrecadar investimento privado para entregar este evento internacional. O preço dos ingressos será o mesmo dos anos anteriores", falou.
 
Promotor da prova por meio da empresa CIE, Alejandro Soberón, também vibrou com a notícia.
 
"Eu quero agradecer bastante a Dra. Claudia Sheinbaum e o governo da Cidade do México pelo voto de confiança em nós. Na CIE, permaneceremos comprometidos a promover e operar os eventos de maior qualidade no mundo. Por esta plataforma internacional, temos a oportunidade de mostrar a diversidade cultural desta cidade fantástica. Estamos ansiosos para receber milhares de turistas, de dentro e fora do México para este evento. Em adição, quero agradecer os fãs da Fórmula 1, tanto do México quanto fora, que sem dúvidas, trouxeram energia e paixão que fez o GP uma experiência única e especial", disse.
GP do México permanece no calendário (Foto: Reprodução)
Uma reviravolta perto daquilo que se desenhava. Em maio passado, o governo federal mexicano - que financiava o evento - definira que não iria seguir bancando a corrida. A conversa dos organizadores com o presidente Andrés Manuel López Obrador tentava o novo mandatário do país a desembolsar € 37 milhões - cerca de R$ 165 milhões -, algo que ele avisou não estar inclinado a fazer. 
 
"Não sei como está o contrato da F1, mas se não estiver assinado nós não vamos poder assinar. Alguns eventos foram financiados pelo fundo de desenvolvimento do turismo, e esse fundo está agora destinado à construção do Tren Maya", disse López Obrador em entrevista coletiva realizada ainda em fevereiro.
 
A Tren Maya - ou Trem Maia -, como foi apelidada a ferrovia, é um projeto de cerca de 3.600 km de extensão com a intenção de ligar passageiros a uma série de sítios arqueológicos e locais históricos por todo o país. 
 
Agora, a ferrovia vai dividir o país com a F1.


Paddockast #27
Schumacher e Vettel: UNIDOS POR UM RECORDE


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.