Feliz e garantido na Ferrari, Räikkönen exalta relacionamento com Vettel e diz que apenas quer mais vitórias

Estrela da entrevista coletiva promovida pela FIA nesta quinta-feira, Kimi Räikkönen foi questionado sobre o que almeja correndo pela Ferrari depois de tanto tempo. Ao seu estilo, o finlandês foi direto: “Quero mais vitórias, para mim e para a equipe”

Ao menos antes do começo das atividades de pista do GP da Bélgica, prova que abre a segunda metade da temporada 2015 da F1, todos os flashes estão direcionados a Kimi Räikkönen. O finlandês esteve envolvido em muitos rumores sobre seu futuro na Ferrari, mas a escuderia de Maranello anunciou sua permanência por pelo menos mais um ano. Ao seu estilo, o finlandês de 35 anos demonstrou estar muito feliz com a renovação de contrato e quer muito mais.

Na entrevista coletiva promovida pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) nesta quinta-feira (20) em Spa-Francorchamps, Kimi exaltou o bom relacionamento com o amigo e companheiro de equipe Sebastian Vettel. A relação saudável com o tetracampeão foi apontada por Maurizio Arrivabene como uma das chaves para sua permanência em Maranello até o fim de 2016.

O bom relacionamento de Kimi com Vettel foi uma das chaves para a permanência do finlandês na Ferrari (Foto: AP)

Além disso, Räikkönen reforçou que está mais motivado do que nunca para mais um ciclo na Ferrari. Pela escuderia italiana, o nórdico já alcançou o Olimpo do esporte ao conquistar o título mundial em 2007, derrotando os dois pilotos que estavam ao seu lado na coletiva de imprensa desta quinta-feira: Fernando Alonso e Lewis Hamilton.

Seu retrospecto pela Ferrari é positivo: em 81 GPs disputados, foram nove vitórias, cinco poles, 19 voltas mais rápidas e 27 pódios, além do título de 2007. Mas Kimi quer ir além e voltar ao topo do pódio.

“O novo contrato não muda nossa abordagem para o fim de semana. Quero mais vitórias, para mim e para a equipe. Tive bons anos, anos difíceis, altos e baixos, mas sempre desfrutei. Obviamente que você curte muito mais quando as coisas estão correndo bem, mas como equipe, tive bons tempos e estou muito satisfeito porque vamos poder trabalhar novamente juntos no ano que vem”, declarou.

“Sinto que estamos no rumo certo e que nós podemos fazer grandes coisas no futuro. As pessoas ficam mais felizes quando podemos alcançar melhores resultados e vocês escrevem menos coisas negativas depois disso. Mas seguimos trabalhando e acreditando no que estamos fazendo”, destacou. “Tenho certeza de que vamos chegar lá e vamos ter muitos, muitos dias felizes à nossa frente, com resultados muito bons”, acrescentou o veterano.

Sobre Vettel, Kimi mostrou estar muito satisfeito com o trabalho ao lado do alemão. “Eu o conheço bem, temos um bom relacionamento. Temos um bom feeling um do outro e respeito na equipe. A equipe está trabalhando bem unida, e estou muito feliz por continuar na Ferrari”, ressaltou Räikkönen.

Nesta semana, o piloto deixou claro que Sebastian foi o melhor companheiro de equipe que já teve, contrastando com o relacionamento frio que teve com Fernando Alonso na última temporada do espanhol correndo pela Ferrari, em 2014.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube