Alonso pressiona Alpine por melhor desenvolvimento do carro: “Depende de nós”

Com novo regulamento e teto orçamento, Fernando Alonso salientou que as equipes estão em condições semelhantes na busca por equipamento competitivo na F1

FÓRMULA 1 2022: FERRARI RÁPIDA, MERCEDES LENTA E RED BULL DE VIDRO NA F1 | TTGP #45

Bastou apenas uma corrida concluída na temporada 2022 da Fórmula 1 para Fernando Alonso colocar pressão na Alpine. Após as dificuldades encontradas durante as sessões de pré-temporada em Sakhir e também no final de semana do GP do Bahrein, quando terminou a prova em nono lugar, o bicampeão mundial afirmou que depende apenas da escuderia francesa para gerar um equipamento competitivo – pois as equipes têm condições semelhantes em busca do melhor desenvolvimento do novo carro.

A chegada do novo regulamento técnico, aliada à introdução do teto orçamento, que neste ano gira em torno de US$ 140 milhões (cerca de R$ 776 milhões na cotação atual) tem como objetivo nivelar as 10 equipes que formam o grid e tornar a disputa mais equilibrada na F1.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ As corridas do fim de semana na TV e no streaming: 25 a 27 de março

É com base no equilíbrio de forças buscado pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e pela dona da categoria, Liberty Media, que Alonso intensificou o discurso sobre a responsabilidade da Alpine em melhorar o desempenho da A522, com o objetivo de torná-la mais competitiva.

“As regras foram feitas para possibilitar uma concorrência mais próxima e justa também com o teto orçamentário”, disse em entrevista à agência de notícias britânica Reuters. “Então, depende de nós. Se somos rápidos é porque fizemos um bom trabalho. Se não somos rápidos, não é porque gastamos menos ou porque essas coisas aconteceram no passado da F1″, acrescentou.

Fernando Alonso enfrentou dificuldades no circuito de Sakhir (Foto: AFP)

Com as equipes diante da missão de melhor desenvolver o novo carro, Alonso ressaltou que a Alpine vai precisar vencer a disputa fora das pistas para gerar oportunidades de brigar por pódios e vitórias nessa nova era da F1. “Os carros agora são muito novos para todos. Durante o ano, acho que haverá um grande progresso para todos e precisamos vencer essa corrida também fora da pista”, disse.

“Estamos aqui para criar essas possibilidades o mais rápido possível e tentar encurtar esse tempo, de certa forma. Todos estão trabalhando duro no carro, do lado do motor também, e queremos ver a Alpine vencer o mais rápido possível”, completou.

A bordo do carro #14, o espanhol vai disputar neste domingo (27), a partir das 14h, o GP da Arábia Saudita. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e EM TEMPO REAL.

Leia também

+Hamilton prevê “problema de downforce” no GP da Arábia Saudita e culpa porpoising
+Aston Martin aguarda teste negativo de Vettel e adia decisão sobre GP da Arábia Saudita

OS PROBLEMAS DA MCLAREN NO GP DO BAHREIN DA FÓRMULA 1 2022
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar