F1

Ferrari conclui investigação e aponta causa para acidente de Vettel em Barcelona: problema no aro do pneu

Sebastian Vettel bateu forte na barreira de pneus da curva 3 do Circuito de Barcelona na manhã da última quarta-feira (27). A Ferrari analisou as causas do acidente e concluiu que uma falha no aro do pneu, resultado de um impacto de um objeto externo, foi o que ocasionou a batida que comprometeu os trabalhos da escuderia italiana
Grande Prêmio, de Barcelona / Redação GP, de Sumaré
Um problema no aro de um dos pneus da nova SF90 foi a causa do acidente sofrido por Sebastian Vettel na manhã da última quarta-feira (27) em Barcelona. O alemão se chocou contra a barreira de pneus da curva 3 do circuito catalão depois de perder o controle do carro. A escuderia de Maranello levou muito tempo para realizar os reparos e teve comprometida a sequência dos trabalhos de pista. Charles Leclerc, que só completou uma volta de instalação no fim da tarde e não marcou tempo, voltou à pista nesta manhã de quinta-feira.
 
A Ferrari providenciou uma investigação para entender o que de fato aconteceu com a SF90 pilotada por Vettel antes da batida na barreira de pneus. Depois de uma análise da telemetria do carro, a equipe concluiu que o acidente foi causado por um problema no aro do pneu. “O aro foi danificado segundos antes por um impacto de um objeto externo”, informou a equipe.
Sebastian Vettel passou pelo centro médico do autódromo depois do acidente e foi liberado (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
O estudo também diz que Vettel estava a mais de 270 km/h no momento em que perdeu o controle do carro, sofrendo um impacto de mais de 20G. 
 
No entanto, o tetracampeão escapou ileso do acidente e, depois de ser examinado pelo centro médico, foi liberado. A Ferrari informou que Seb vai voltar ao carro nesta sexta-feira, na esteira de um cronograma revisado por conta do tempo perdido de pista na quinta-feira.
 
Antes da batida, Vettel registrou como melhor tempo 1min18s195 usando pneus C3. Ao fim das atividades do sexto dia de testes coletivos da F1 em Barcelona, o tetracampeão ficou com o terceiro melhor tempo, só atrás das marcas de Carlos Sainz, da McLaren, e de Sergio Pérez, da Racing Point.

O GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ a pré-temporada da F1 em Barcelona com os repórteres Evelyn Guimarães, Vitor Fazio,  Eric Calduch e o fotógrafo Xavi Bonilla. Acompanhe tudo aqui.