F1

Vettel diz que sentiu problema na parte frontal do carro em batida e que Ferrari ainda “tenta entender” motivo

Sebastian Vettel perdeu o controle de sua Ferrari na primeira sessão do dia em Barcelona, acertando a barreira de pneus na curva 3. Segundo ele, a equipe agora busca entender o que aconteceu - e que não havia como evitar o impacto após problemas na parte esquerda da frente de seu carro

Grande Prêmio, de Barcelona / FELIPE NORONHA, de São Paulo / EVELYN GUIMARÃES, de Barcelona
Sebastian Vettel se tornou na manhã desta quarta-feira (27) o responsável pelo segundo acidente da pré-temporada da F1: ele escapou na curva 3 do circuito de Barcelona e acertou a barreira de pneus durante a primeira sessão do dia.

Segundo a Ferrari, um problema mecânico foi o responsável pelo impacto, mas não entrou em detalhes em comunicado. Em seguida, o próprio Vettel concedeu entrevista coletiva e, já na primeira resposta, tentou explicar o que sentiu no acidente.

"Não sabemos muito mais do que todo mundo sabe. De dentro do carro, eu estava indo para a curva 3 e senti um problema com a parte esquerda da frente do carro. E a partir daí não havia nada que eu pudesse fazer para evitar o impacto", disse o tetracampeão do mundo.
Sebastian Vettel encontrou a barreira de proteção de Barcelona (Foto: Reprodução/TV)
Segundo ele, a equipe ainda busca compreender melhor o problema - e que o faz com calma, já que o impacto no carro acabou por prejudicar outras partes que não sofreram inicialmente com a falha mecânica.

"Depois disso, obviamente, eu não estava mais no controle e fui direto para a barreira de pneus. Estamos tentando entender. Claro que seria mais fácil se não tivesse batido, se não tivesse acertado nada, porque agora você pode se confundir, pensar que as quebras ocorreram por causa da batida."

"Temos que ser cuidadosos em entender exatamente qual o problema e é isso que todos estão procurando na equipe", concluiu Vettel.

Vettel somava 40 voltas na hora do impacto. O melhor tempo do alemão foi 1min18s195, suficiente para ser o segundo mais rápido da manhã, atrás apenas de Carlos Sainz Jr., da McLaren.

GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ a pré-temporada da F1 em Barcelona com os repórteres Evelyn Guimarães, Vitor Fazio,  Eric Calduch e o fotógrafo Xavi Bonilla. Acompanhe tudo aqui.