Ferrari pede “clareza e transparência” à FIA para evitar mais carros copiados na Fórmula 1

Após protestar contra punição da FIA sobre os dutos de freio da Racing Point, agora a Ferrari quer que a entidade crie regras para defender a propriedade intelectual de cada equipe do grid da Fórmula 1

A “Mercedes rosa” criada pela Racing Point para a temporada 2020 causou polêmica e ainda gera discussões no padddock. Após insistentes protestos da Renault, a equipe de Silverstone foi punida com a perda de 15 pontos no Mundial de Construtores e recebeu uma multa de € 400 mil.

A Racing Point é acusada de copiar o desenho dos dutos de freio da Mercedes de 2019 para o RP20. Apesar da punição, o time continua usando os dutos porque, segundo os comissários, agora não há como “desaparender o design da peça”.

Ferrari e Renault protestaram contra a decisão da FIA e pediram mais rigor na punição aplicada, enquanto a Racing Point recorreu do veredito da entidade. Mattia Binotto, chefe de equipe da Ferrari, deseja mais transparência no regulamento e na proteção da propriedade intelectual das equipes.

RP20, carro da Racing Point para a temporada 2020, foi apelidado de “Mercedes rosa” (Foto: Racing Point)

“A razão para apelarmos é porque necessitamos clareza e transparência. Acredito que o duto de frio é um ponto, mas eventualmente a decisão da Corte de Apelação pode ampliar a discussão sobre cópias, que é algo importante para nós”, afirmou o dirigente.

“É importante para o futuro da Fórmula 1 porque é uma discussão sobre propriedade intelectual, uma das posses mais valiosas de uma companhia. Se alguém copiar o carro do ano anterior de um adversário, acho que o regulamento deveria, de alguma forma, proteger o copiado. É por isso que acredito que, neste momento, é importante entender para ter clareza e transparência no futuro da F1”, prosseguiu Binotto.

A Racing Point chama atenção das rivais desde os testes de pré-temporada, quando o carro surgiu com muitas novidades no modelo RP20, muitas vistas no W10 – carro da Mercedes de 2019. Os dutos de freio foram citados, no entanto, por serem consideradas peças listadas, ou seja, que cada equipe deve construir sem informações externas.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube