Ferrari retira protesto contra Racing Point e encerra novela da ‘Mercedes rosa’

Um dia após a Racing Point desistir da absolvição completa no caso ‘Mercedes rosa’, a Ferrari deixou de apelar por punição mais grave. Os rosáceos, assim, perdem só 15 pontos na F1 2020

O assunto ‘Mercedes rosa’ virou coisa do passado nos bastidores da Fórmula 1. Um dia após a Racing Point desistir de apelar contra a punição de 15 pontos por ilegalidade nos dutos de freios traseiros do RP20, a Ferrari também pulou fora do caso. A equipe anunciou na manhã desta segunda-feira (7) que não vai mais buscar uma punição mais pesada aos rivais.

A Ferrari se diz satisfeita com os esclarecimentos feitos por Fórmula 1 e Federação Internacional de Automobilismo (FIA) nos últimos tempos. A equipe queria entender quais são os limites quando o assunto é cópia de peças, justamente a acusação feita à Racing Point a respeito da Mercedes de 2019.

Detalhes e semelhanças do RP20 para o Mercedes W10
A Racing Point foi acusada de copiar a Mercedes (Arte: Rodrigo Berton; Fotos: Racing Point e Mercedes)

“Nas últimas semanas, a colaboração entre FIA, Fórmula 1 e equipes levou a uma série de ações”, explicou comunicado da Ferrari. “Estas esclarecem as responsabilidades de cada participante no campeonato no desenvolvimento de peças e no uso de métodos específicos de monitoração, garantindo que o espírito do regulamento seja respeitado. A Ferrari aprecia a prontidão da FIA e da Fórmula 1 para lidar com um aspecto fundamental do DNA deste esporte”, seguiu.

Ferrari, Renault, McLaren e Williams foram as equipes que entraram na justiça para cobrar punição mais pesada à Racing Point. A equipe foi punida com a perda de 15 pontos e a multa de € 400 mil (cerca de R$ 2,5 milhões) apenas pela ilegalidade no GP da Estíria, e não nos outros. Pouco a pouco, as equipes passaram a aceitar o castigo como adequado, da mesma forma que os rosáceos decidiram não seguir buscando a absolvição completa.

A perda é de apenas 15 pontos, mas já tem consequências negativas para a Racing Point. A equipe fica com 82 tentos, e não 97. O número original manteria a equipe em quarto no Mundial de Construtores, mas colada na McLaren, com 98.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube