FIA estuda trocar Whiting por Ascanelli por suposta autorização a teste da Mercedes, diz revista

Delegado-técnico, de segurança diretor de provas do Mundial de F1, Charlie Whiting foi quem deu o sinal verde para a Mercedes treinar com o carro de 2013, em Barcelona, no mês de maio. Caso será julgado pela FIA no dia 20, segundo a 'Auto Motor und Sport'

Charlie Whiting pode estar em mais lençóis no julgamento da polêmica envolvendo o teste secreto da Mercedes com a Pirelli, em maio, em Barcelona. Segundo a revista alemã ‘Auto Motor und Sport’, o diretor de provas e delegado-técnico e de segurança do Mundial de F1 permitiu que a equipe alemã realizasse a bateria de três dias de treinos.

Diante disso, o presidente da FIA, Jean Todt, já estuda a substituição do britânico, afirmou a publicação germânica. O escolhido do francês é o italiano Giorgio Ascanelli, ex-diretor-técnico da Toro Rosso. Na F1 desde a década de 1980, Ascanelli ainda tem no currículo passagens por Benetton, Ferrari e McLaren.

Giorgio Ascanelli está sendo cotado por Jean Todt para posto no alto comando da F1 (Foto: Toro Rosso/Getty Images)

Whiting atua como delegado-técnico do Mundial desde 1988 e passou a acumular as funções de diretor de provas e de delegado de segurança em 1997. Ele costuma aparecer durante as transmissões das corridas ao acionar o sistema de largada, autorizando o início das provas.

Mercedes e Pirelli se explicarão diante do Tribunal Internacional da FIA no dia 20 de junho, em Paris, na sede da entidade.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube