Fittipaldi lamenta tráfego, mas sai feliz da classificação em Abu Dhabi: “Demos um passo”

O piloto da Haas lamentou não ter conseguido melhorar o tempo de volta na parte final da classificação, mas se disse satisfeito com o desempenho deste sábado (12) em Yas Marina

Pietro Fittipaldi saiu satisfeito da classificação para o GP de Abu Dhabi neste sábado (12). Substituto de Romain Grosjean, o brasileiro foi eliminado ainda no Q1 em Yas Marina, mas vai sair um pouco mais na frente no grid graças a punições aplicadas aos adversários.

Com 1min38s173, Fittipaldi fez o 19º tempo na classificação, mas vai largar em 17º, já que Sergio Pérez e Kevin Magnussen descem para o fundo do grid.

Em entrevista à TV Globo logo após a classificação, o neto de Emerson celebrou o trabalho dos engenheiros e destacou que sai satisfeito do treino, ainda que lamentando que tenha sido atrapalhado pelo tráfego.

Pietro Fittipaldi saiu satisfeito do trabalho de sábado em Abu Dhabi (Foto: Haas)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Nós ajustamos algumas coisas no carro depois do TL3 que eu pedi, os engenheiros fizeram um ótimo trabalho. Eu me senti muito bem com o carro na classificação”, disse Pietro. “Infelizmente, na segunda e na terceira saídas ― a gente ia fazer três saídas ―, mas quando entrei depois da minha primeira, eles me pediram para parar para pegar o peso do carro e aí perdemos muito tempo. A gente estava com muito tráfego na segunda e na terceira saídas, então não deu para melhorar o tempo, infelizmente”, seguiu.

“Mas na primeira saída eu estava a um décimo do Kevin, estava confiante, achei que a gente ia dar um grande passo para a frente, mas, infelizmente, estava com muito tráfego. Quando eu fui sair na terceira, o pneu estava muito frio, o [Nicholas] Latifi rodou na minha frente, na saída para a última curva para fazer a volta rápida, e não deu para melhorar. Mas eu estou muito feliz. A gente realmente avançou, demos um passo para frente. Pena que não deu para acelerar na segunda e terceira saídas. Mas faz parte. Mas eu estou realmente feliz com o desempenho, estou muito feliz com o meu trabalho e com os engenheiros”, relatou.

Questionado sobre a estratégia para a corrida de domingo em Yas Marina, Fittipaldi respondeu: “A linha de chagada da largada até a primeira curva é muito curta, mas sempre tem uma confusão na primeira curva. Então o negócio é largar bem. Eu treinei muito as largadas, acho que estou bem agora, muito melhor do que no Bahrein, e aí ver depois”.

“É claro que o ritmo da corrida vai ser importante. É difícil ultrapassar aqui, então vamos fazer o nosso melhor. Mas eu estou muito feliz com a classificação”, sublinhou. “Kevin é uma ótima referência, a gente estava a um décimo dele na primeira saída e aí no final só ficamos três décimos, mas não deu para melhorar na segunda e na terceira saídas. Mas eu estou feliz. Agora foco amanhã”, encerrou.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube