Russell mostra expectativa por definição: “Em contato com a Mercedes diariamente”

Ciente de que a definição sobre seu futuro para 2022 se aproxima a cada dia, George Russell deixou claro que não está pressionando a Mercedes e disse que o foco é, acima de tudo, focar na pista: “Se fizer o trabalho na pista, tudo vai se resolver”

A Peugeot apresentou seu novo hipercarro: eis o 9X8, que nasce sem asa traseira (Vídeo: Peugeot)

George Russell sabe que, qualquer que seja a decisão da Mercedes sobre seu futuro para a temporada 2022 da Fórmula 1, esta definição está próxima. E, naturalmente, o jovem de 23 anos mostra ansiedade antes de um momento que pode representar um divisor de águas na sua carreira.

O piloto, atualmente na Williams, mas ligado ao programa de desenvolvimento da Mercedes, revelou, em entrevista coletiva no último fim de semana do GP da Áustria, que tem entrado em contato com a equipe alemã frequentemente.

“A Mercedes me conhece tão bem ao longo de todos esses anos, e estou em contato com ela diariamente, como fiz nos últimos três anos”, declarou.

TOTO WOLFF; GEORGE RUSSELL;
George Russell aguarda ansiosamente pela decisão de Toto Wolff e a cúpula da Mercedes (Foto: Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ao falar sobre quando imagina que a Mercedes vai fechar sua dupla de pilotos para 2022, Russell preferiu não falar em data. “Eles farão isso quando acreditarem que é o momento certo, seja qual for o caminho que decidam seguir”.

No entanto, Russell trata de esclarecer que a postura não se trata de pressionar a Mercedes, já que é assim que já o tem feito desde antes de ser cotado a uma das vagas como titular.

“Na verdade, não estou pressionando ninguém porque quero falar na pista e focar apenas na pista. Sei que, se fizer o trabalho na pista, tudo vai se resolver”, avisou.

Recentemente, Lewis Hamilton, grande nome da Mercedes e da Fórmula 1 nos últimos anos, renovou contrato com a equipe liderada por Toto Wolff por mais duas temporadas, não escondeu sua preferência para seguir com Valtteri Bottas como seu companheiro de equipe.

Russell deixou de lado as preferências do heptacampeão mundial e saudou sua permanência na Fórmula 1 pelo menos até o fim de 2023.

“Estou muito satisfeito em ver o Lewis continuando no esporte. Ele é, obviamente, uma superestrela mundial e ainda tem uma performance excepcional. É como um bom vinho, está cada vez melhor com a idade. Max [Verstappen] e a Red Bull parecem muito fortes, mas tenho certeza de que Lewis vai lutar até o fim. Só acho que é muito bom para a F1 ter um cara como Lewis aqui”, disse.

“Se Lewis não estivesse no grid no ano que vem seria uma pena, já que um dos maiores de todos os tempos estaria fora do grid. Para mim, particularmente, quero competir contra os melhores do mundo. E acho, para ser sincero, que temos no grid agora um grupo muito bom de pilotos que merecem estar aqui”, concluiu Russell.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar