Russell se vê “representante dos pilotos mais jovens” da F1 como novo diretor da GPDA

O piloto de 23 anos, George Russell assumiu a cadeira na diretoria da Associação de Pilotos que estava vaga desde a saída de Romain Grosjean

Red Bull domina e Mercedes aparenta estar atrás: TUDO SOBRE O TERCEIRO DIA DA F1 NO BAHREIN

George Russell vai para sua terceira temporada no Mundial de Fórmula 1, mas já assumiu um cargo importante: um dos diretores da Associação dos Pilotos da F1, a GPDA, como substituto de Romain Grosjean. A partir de agpra, o piloto de 23 anos acredita que, estando ao lado de Sebastian Vettel e Alexander Wurz, representa os mais jovens do grid.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

WEB STORIES: Band se prepara para transmitir F1 até champanhe acabar’

o inglês fez questão de exaltar a importância do trabalho da GPDA, criada em 1961 para representar os direitos dos pilotos do Mundial. Foi parte da explicação por ter assumido o cargo.

“Primeiramente, quis assumir o posto porque acho que a GPDA fez para o esporte ao longo dos anos foi ótimo. Sempre que tivemos nossos briefings com todos os pilotos, algo que foi muito comum em 2019, provavelmente uma vez a cada dois GPs nós ficávamos depois da reunião e conversávamos sobre questões que achamos que podiam melhorar o esporte: segurança ou o que quer que fosse. Claro que foi mais difícil fazer isso em 2020, com os problemas logísticos causados pela Covid-19, mas eu me posicionei bastante”, falou na coletiva oficial da FIa no Bahrein.

“Sempre gostei de dar minha opinião e ser uma voz dos pilotos é algo de que me orgulho, para ser honesto. Estou ansioso para isso. Tenho uma relação muito boa com muitos dos pilotos mais jovens”, afirmou.

GUIA F1 2021
+ Hamilton parte para ser maior campeão da Fórmula 1 em ano de possível adeus
+ Band tem chance de ouro de cativar público da F1 na era do streaming

George Russell é diretor da GPDA (Foto: AFP)

“Sebastian está quase representando a metade mais velha do grid, enquanto eu estou, potencialmente, representando a metade mais jovem”, seguiu.

Russell acredita que a F1 tem futuro promissor sob o comando do Liberty Media que deseja fazer parte disso.

“Acredito que estar à frente junto de Sebastian e Alex Wurz para defender essa visão [dos pilotos] para a F1 e a FIA podem me fazer olhar para o passado em algum momento e dizer que fui parte disso. Isso me deixaria orgulhoso. A F1 está aberta e quer que nos envolvamos mais. Não sei o que guarda o futuro, mas obviamente eu sou um novo menino da rua, ainda não posso dar tantas opiniões. Vou ouvir, aprender e encontrar meu espaço conforme o tempo passar”, finalizou.

O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP do Bahrein neste fim de semana AO VIVO e EM TEMPO REAL.

GUIA F1 2021
+F1 se prepara para duelo Hamilton x Verstappen em ano pandêmico e incerto
+Mercedes enfrenta revés com carro instável, mas abre temporada favorita
+Verstappen encara perspectiva de briga por título e desafio com Pérez

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube