F1

GP às 10: Tufão aumenta chances de vitória da Red Bull e redenção da Honda no Japão

Fernando Silva traçou uma perspectiva do GP do Japão deste fim de semana, que pode ser afetado pelo supertufão Hagibe. Em caso de chuva, Max Verstappen desponta com grandes chances de vitória. O que, no caso da Honda, seria uma redenção quatro anos depois de ter sido humilhada por Fernando Alonso com o 'motor de GP2'

Grande Prêmio / Redação GP, de Sumaré
A meteorologia aponta grande chance de chuva nos três dias do GP do Japão de Fórmula 1 deste fim de semana em razão da aproximação do supertufão Hagibe, que avança pelo Oceano Pacífico. E, no molhado, Max Verstappen sempre desponta como um dos grandes favoritos à vitória. 

Para Fernando Silva, um triunfo de Verstappen e da Red Bull seria também o desfecho de uma grande história para a Honda. Há pouco mais de quatro anos, a montadora japonesa foi humilhada em Suzuka por Fernando Alonso, que esbravejou no rádio contra o 'motor de GP2' quando defendia a McLaren. O jornalista entende que uma vitória de um carro empurrado pela Honda seria um momento de grande redenção no esporte.

O GP às 10 é a série que traz um comentário em vídeo dos jornalistas do GRANDE PRÊMIO, sempre às 10h (de Brasília), do dia e da noite. Veja aqui todas as edições do GP às 10.
Paddockast #36
O MELHOR PILOTO SEM VITÓRIA NA F1


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.