GP da Holanda enfrenta restrição e promove ‘loteria’ para definir público de 70 mil pessoas

Depois de ter público reduzido para 70 mil pessoas, os organizadores do GP da Holanda promoverão uma 'loteria' para selecionar os fãs que terão acesso ao evento entre os dias 3 a 5 de setembro

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Na última semana, o governo da Holanda determinou outras medidas restritivas para eventos esportivos em razão da alta de casos de Covid-19 por conta da variante Delta do novo coronavírus. E, por isso, foi determinado que a etapa da Fórmula 1 no país, que acontece entre os dias 3 a 5 de setembro, receba apenas dois terços de sua capacidade — ou seja, de 105 mil, o público presente foi reduzido para 70 mil pessoas por dia, que serão escolhidos pela organização de forma aleatória.

Desta forma, as 35 mil pessoas que ficarem fora do que parece ser uma loteria por uma vaga nas arquibancadas de Zandvoort terão duas opções: usar o ingresso em 2022 ou solicitar reembolso.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A notícia, no entanto, para Jan Lammers, ex-piloto de Fórmula 1 e grande responsável pela organização do GP da Holanda, não é nada fácil.

O organizador já havia dito que as empresas por trás do GP da Holanda — Zandvoort, SportVibes e a TIG Sports — “estavam felizes” por incentivar o esporte a motor no país, já que a última vez em que Zandvoort foi palco de uma etapa do Mundial foi em 1985, mas ninguém esperava outro percalço no meio do caminho.

“Não é simplesmente um sorteio [para selecionar os fãs], mas sim um quebra-cabeça complexo”, disse Lammers, em entrevista ao jornal holandês Algemeen Dagblad. “No final das contas, alguns fãs não terão permissão para vir. É extremamente irritante e lamentável, mas não temos escolha”, lastimou Lammers.

Zandvoort não terá casa cheia, mas terá presença de 70 mil fãs por dia (Foto: Red Bull Content Pool)

A expectativa de casa cheia nesta 13ª etapa do campeonato era grande por parte da organização, muito por conta da grande popularidade de Max Versatppen, o que gera a expectativa por um enorme mar laranja, maior até mesmo que o visto no Red Bull Ring. Lammers, por exemplo, em entrevista à revista britânica Autosport, prevê uma maciça torcida nas arquibancadas em prol do #33, que concorre pela disputa do título diretamente com Lewis Hamilton.

“Este ano, de forma um pouco mais modesta, a batalha pelo título de Fórmula 1 será travada num belo ambiente, com um mar laranja nas arquibancadas”, declarou ele.

O GP da Holanda será o segundo da rodada tripla que no regresso da Fórmula 1 depois das férias de verão. A temporada 2021 será retomada entre 27 e 29 de agosto com o GP da Bélgica. Uma semana depois, acelera na vizinha Holanda e, entre 10 e 12 de setembro, corre na Itália, no icônico circuito de Monza.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar