Grosjean cita “muitas fraquezas”, mas vê desenvolvimento do carro como ponto forte

Romain Grosjean fez um balanço de sua passagem pela Fórmula 1 até o momento. O francês reconheceu que tem muitos a melhoras ainda, mas apontou sua habilidade no desenvolvimento do carro como uma de suas forças

Romain Grosjean é um piloto que sabe fazer uma autocrítica. Ao comentar sobre seu desempenho na Fórmula 1, o competidor reconheceu que tem muitos fracos, mas também sabe que tem algo bastante importante para as equipes.
 
O francês estreou na categoria em 2009 pela Renault, mas foi só em 2012 que fez sua primeira temporada completa com a Lotus. Desde então, subiu dez vezes ao pódio e tem a sétima colocação final de 2013 como sua melhor campanha.
 
Ao fazer um balanço de sua performance na F1, o francês reconheceu que há pontos a melhorar, mas que tem uma força em todos os times que passou. “Sempre foi minha força. Tenho muitas fraquezas, mas definitivamente desenvolver o carro sempre foi um dos meus pontos fortes”, disse ao ‘Racefans’.
Romain Grosjean (Foto: Haas)

“Em 2014 [na Lotus] tínhamos um carro terrível e trabalhamos duro e em 2015 voltamos e tínhamos um carro decente, conseguimos um pódio e algumas boas corridas. Então acho que, no geral, sempre foi uma das minhas forças”, continuou.
 

“Mesma coisa com essa equipe [Haas]: em 2017 não foi muito bom, mas em 2018 foi muito melhor. E neste ano, ficou muito claro que desde Barcelona em diante não queria correr com o novo pacote aerodinâmico, não me sentia bem”, emendou.
 
“Poderíamos ter salvado algum tempo caso tivéssemos revertido para o antigo pacote antes. Mas é sempre mais fácil dizer as coisas depois. Creio que em termos de ritmo de corrida e a corrida em si, tem sido muito bom. Mesmo quando está em 15º e 16º e ninguém vê o que está fazendo, mas acho que, no geral, a corrida tem sido meu ponto forte”, concluiu.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube