Hamilton diz que não está preocupado com título: “Não vamos ganhar nada analisando tabela”

Lewis Hamilton afirmou que vai entrar nas últimas etapas de 2012 com a mentalidade de fazer o melhor em cada corrida, sem se preocupar com os 52 pontos que o separam do líder Fernando Alonso

Apesar de ter anunciado a transferência para a Mercedes a partir de 2013, Lewis Hamilton afirmou que está focado em fazer o melhor possível nas últimas etapas do campeonato, correndo pela McLaren. Com 52 pontos o separando de Fernando Alonso na tabela, o britânico reconheceu que terá dificuldades na luta pelo título e por isso está de olho em conseguir o melhor resultado possível nas últimas corridas.

Hamilton abandonou o GP de Cingapura enquanto liderava (Foto: McLaren)

“Em termos do campeonato, não há nada para ganharmos apenas analisando a tabela de pontos. A partir de agora, é simplesmente tirar as luvas. Assim como em Cingapura, vou entrar na pista para lutar e estarei apenas esperando por um resultado melhor”, declarou.

Com 142 pontos, Hamilton ocupa a quarta colocação no Mundial, contra 194 do líder Fernando Alonso. Faltando seis corridas para o final da temporada, o inglês poderia estar em uma posição melhor caso não tivesse abandonado o GP de Cingapura com um problema no câmbio enquanto liderava a prova.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube