F1

Hamilton lidera primeiro treino livre na Áustria. De pneus médios, Vettel fica 0s1 atrás

Lewis Hamilton começou na frente o fim de semana do GP da Áustria ao liderar o primeiro treino livre. Contudo, a Ferrari foi o grande destaque por conta do melhor desempenho com os pneus médios. Sebastian Vettel terminou em segundo, apenas 0s144 atrás do tempo de Hamilton, este registrado com os macios

Grande Prêmio / FERNANDO SILVA, de Sumaré
Lewis Hamilton começou da melhor forma o fim de semana do GP da Áustria e liderou o primeiro treino livre nesta manhã de sexta-feira (28) no Red Bull Ring. O pentacampeão e líder da temporada marcou 1min04s838 na sua melhor passagem, com os pneus macios, e não foi superado. Entretanto, o grande destaque da manhã foi a performance da Ferrari, que ficou muito próxima à Mercedes mesmo tendo feito seus melhores tempos com os pneus médios. Sebastian Vettel terminou em segundo, apenas 0s144 atrás de Hamilton.

Valtteri Bottas finalizou na terceira colocação, 0s161 atrás de Hamilton, enquanto Charles Leclerc colocou a segunda Ferrari em quarto, também com os médios, com 0s303 de déficit para o líder da sessão. A Red Bull, que corre em casa no fim de semana, fechou em quinto e sexto com Max Verstappen e Pierre Gasly, respectivamente, com o francês desta vez bem mais próximo ao companheiro de equipe. Carlos Sainz, da McLaren, voltou a ser o melhor do resto, seguido pela Renault de Daniel Ricciardo. Kevin Magnussen, da Haas, foi o nono, com a McLaren de Lando Norris fechando o top-10.

O segundo treino livre do GP da Áustria acontece logo mais, às 10h (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.
Lewis Hamilton foi o mais rápido desta manhã na Áustria (Foto: Sky Sports)
Saiba como foi o primeiro treino livre do GP da Áustria de F1


Antes mesmo do início da sessão, a Mercedes teve de lidar com um problema inesperado: um vazamento de óleo no motor de Valtteri Bottas. Assim, os mecânicos tiveram de fazer a troca para uma especificação antiga para dar tempo de o finlandês ainda acelerar nesta manhã no Red Bull Ring.

Na pista, o primeiro a marcar tempo, ainda que bastante alto — na casa de 1min14s — foi Carlos Sainz, um dos bons destaques do GP da França da semana passada. Em seguida, foi a vez do pressionado Pierre Gasly acelerar e marcar seu primeiro stint de voltas, naturalmente assumindo a primeira posição com os pneus médios. Depois, era chegada a hora de a Ferrari mandar seus pilotos à pista. Tanto Charles Leclerc como Sebastian Vettel aceleravam também com os médios.

Pouco depois, Leclerc tomou a ponta com 1min06s169, sendo batido minutos depois por Vettel, 0s009 mais rápido. Já a Mercedes teve êxito no seu trabalho e conseguiu mandar Bottas para a pista, com o finlandês acelerando com os pneus macios, assim como Lewis Hamilton, que aparecia em sexto. Lá na frente, mudança na liderança, com Max Verstappen, vencedor no ano passado, assumindo a ponta com 1min06s100.

Hamilton subiu para a quarta colocação, 0s159 mais lento que Verstappen, enquanto Daniel Ricciardo aparecia em quinto. A diferença do primeiro para o décimo, então Daniil Kvyat, era até bastante apertada: 0s654. A diferença aumentou um pouco quando Verstappen melhorou para 1min05s938 e, depois, para 1min05s488 com os pneus médios. Hamilton subia para segundo, com os macios, e estava 0s522 atrás de Max. Gasly aparecia em terceiro, seguido por Lando Norris, Vettel, Leclerc e Bottas. Vettel, aliás, estava parado nos boxes enquanto a Ferrari providenciava a troca do assoalho do seu carro.
George Russell reclama da lentidão de um carro da Red Bull no pit-lane (Foto: Reprodução)
Antes da primeira metade do treino, uma cena curiosa: na entrada do pit-lane, George Russell reclamou por ter à frente uma Red Bull muito lenta.

Logo depois, o treino ganhou outra cara, com Mercedes e Ferrari protagonizando os trabalhos. Primeiro foi Leclerc, que marcou 1min05s409, marca que foi batida logo em seguida por Bottas, com 1min05s299. Por sua vez, Hamilton tinha uma boa performance, mas não o bastante para alcançar Bottas. O pentacampeão e líder do campeonato vinha em terceiro, 0s340 atrás do companheiro de equipe, e reclamava de falta de equilíbrio na dianteira do carro. A Mercedes providenciou a troca do bico do W10.

Já na Ferrari, fim dos trabalhos para a troca do assoalho do carro de Vettel, que voltou à pista pouco depois. A Red Bull também tratava de acelerar na fase final da sessão e tinha Verstappen em terceiro lugar, logo à frente de Hamilton, e Gasly em quinto. Bottas melhorou seu tempo ao marcar 1min04s999, ampliando a vantagem para os demais. O nórdico vinha para melhorar mais, mas cometeu um erro em volta rápida no segundo setor da pista.
Carlos Sainz se colocou entre os dez mais rápidos da manhã (Foto: McLaren)
A dobradinha da Mercedes se cumpriu com a melhora significativa do tempo de Hamilton, que virou 1min04s838 para assumir a liderança da sessão da manhã na Áustria, 0s161 mais rápido que Bottas. Só que o 1-2 foi desfeito na esteira de uma grande volta de Vettel, feita com os pneus médios: 1min04s982.

Por fim, pilotos e equipes trabalharam nos minutos finais na avaliação do ritmo do carro em simulações de corrida, o que consolidou Hamilton como o líder do treino na Áustria. Porém, a Ferrari, com ótimo desempenho com os pneus médios, acabou sendo o grande destaque da manhã no Red Bull Ring.

A sessão foi encerrada com bandeira vermelha por conta de incidente ocorrido com Nico Hülkenberg. O alemão passou por cima das altas zebras na curva 9 e danificou a asa dianteira da sua Renault. O piloto terminou na 14ª colocação.



F1 2019, GP da Áustria, Red Bull Ring, treino livre 1:

1 L HAMILTON Mercedes 1:04.838   32
2 S VETTEL Ferrari 1:04.982 +0.144 21
3 V BOTTAS Mercedes 1:04.999 +0.161 35
4 C LECLERC Ferrari 1:05.141 +0.303 24
5 M VERSTAPPEN Red Bull Honda 1:05.260 +0.422 30
6 P GASLY Red Bull Honda 1:05.378 +0.540 30
7 C SAINZ JR McLaren Renault 1:05.502 +0.664 32
8 D RICCIARDO Renault 1:05.846 +1.008 25
9 K MAGNUSSEN Haas Ferrari 1:05.876 +1.038 25
10 L NORRIS McLaren Renault 1:06.125 +1.287 27
11 R GROSJEAN Haas Ferrari 1:06.135 +1.297 20
12 D KVYAT Toro Rosso Honda 1:06.272 +1.434 27
13 A ALBON Toro Rosso Honda 1:06.285 +1.447 30
14 N HÜLKENBERG Renault 1:06.383 +1.545 30
15 S PÉREZ Racing Point Mercedes 1:06.457 +1.619 34
16 A GIOVINAZZI Alfa Romeo Ferrari 1:06.708 +1.870 28
17 K RÄIKKÖNEN Alfa Romeo Ferrari 1:06.729 +1.891 23
18 L STROLL Racing Point Mercedes 1:06.756 +1.918 27
19 G RUSSELL Williams Mercedes 1:06.805 +1.967 28
20 R KUBICA Williams Mercedes 1:07.665 +2.827 28
    Tempo 107% 1:09.377 +4.539  
           
REC V BOTTAS Mercedes 1:03.130 01/07/2018  
MV K RÄIKKÖNEN Ferrari 1:06.957 30/06/2018  




Paddockast #23
Lágimas em Le Mans




Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.