F1

Hamilton voa e coloca 0s5 na Ferrari de Leclerc para liderar último treino antes da classificação na Espanha

A Mercedes segue dando as cartas neste fim de semana em Barcelona. Lewis Hamilton foi o grande nome da manhã deste sábado (11) em Barcelona. Na sua simulação de classificação, o britânico não tomou conhecimento da Ferrari e foi o mais rápido. Valtteri Bottas rodou, provocou bandeira vermelha, mas voltou à pista para ser o terceiro

Grande Prêmio, de Barcelona / FERNANDO SILVA, de Sumaré
A manhã de sábado (11) em Barcelona mostrou novamente a força da Mercedes neste princípio de temporada 2019 da Fórmula 1. Lewis Hamilton foi o mais rápido do terceiro treino livre do GP da Espanha depois de fazer uma volta impecável na sua simulação de classificação, já nos minutos finais. O pentacampeão cravou 1min16s568 e enfiou 0s531 de vantagem para Charles Leclerc, da Ferrari, o segundo colocado.

Desta vez, Valtteri Bottas não comandou a tabela, muito por conta do tempo perdido depois da rodada que causou a primeira bandeira vermelha na sessão, quando o finlandês perdeu o controle da sua Mercedes com pneus frios e ficou atolado na brita. Ainda assim, o #77 conseguiu tempo suficiente para registrar a terceira melhor marca, 0s555 atrás de Hamilton. E Sebastian Vettel foi novamente superado por Leclerc, ficando apenas na quarta colocação.

Destaque para a Haas, que desbancou a Red Bull e foi a terceira força da sessão, com Romain Grosjean em quinto lugar e Kevin Magnussen em sexto. Só então apareceu o primeiro carro taurino, o de Max Verstappen, em sétimo. Alexander Albon, com a Toro Rosso que andou bem nesta manhã, Kimi Räikkönen, da Alfa Romeo, e Carlos Sainz, da McLaren, completaram a lista dos dez primeiros. A sessão foi encerrada pouco antes da hora por conta de outra bandeira vermelha, causada por George Russell, da Williams.

O treino classificatório do GP da Espanha acontece logo mais, às 10h (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO, em TEMPO REAL e 'in loco' todo o fim de semana da quinta etapa da temporada 2019 da F1 com o repórter Eric Calduch. Siga tudo aqui.

Lewis Hamilton foi o mais rápido desta manhã de sábado em Barcelona (Foto: Mercedes)
Saiba como foi o terceiro treino livre do GP da Espanha

O terceiro e último treino livre antes da sessão classificatória em Barcelona começou com o céu nublado e com a Williams na ponta, com Robert Kubica marcando 1min26s868. Em tempos de crise, foi a única oportunidade de a tradicional equipe britânica aparecer no topo da tabela de tempos. Mas logo a Ferrari mandou seus pilotos para a pista, e Charles Leclerc, com pneus macios, cravou 1min19s334 para tomar a liderança pela manhã.

Enquanto vários fãs se aglomeravam para ver Lewis Hamilton entrar nos boxes da Mercedes, Sebastian Vettel acelerava com a outra Ferrari para superar Leclerc em 0s409 e fazer a momentânea dobradinha vermelha em Barcelona. Na volta seguinte, os dois pilotos se revezavam na frente. Primeiro Leclerc, com 1min18s377, e depois Seb foi 0s122 mais rápido que o monegasco. Charles fez mais uma tentativa, mas ficou 0s066 atrás do alemão. Antes de recolher para os boxes, o tetracampeão rodou na primeira perna da chicane. Um incidente sem maiores consequências.
Valtteri Bottas roda com os pneus frios e causa bandeira vermelha no TL3 em Barcelona (Foto: Reprodução)
Quem também rodou foi Valtteri Bottas. O mais rápido da sexta-feira escorregou com os pneus ainda frios no miolo do circuito e rodou na curva 5 em Barcelona, deixando sua Mercedes atolada na brita. Foi o bastante para a direção de prova acionar a bandeira vermelha. Durante a interrupção, o carro foi removido e levado de volta para os boxes da Mercedes.

A sessão foi retomada quando restavam 34 minutos para o fim. Bottas corria de volta para os boxes da Mercedes, enquanto Lewis Hamilton saía para a pista usando os pneus médios. Com uma ótima volta considerando os compostos, o pentacampeão logo se colocou em terceiro, com 1min18s371, ficando a apenas 0s116 do tempo de Vettel. A surpresa era a presença de Kimi Räikkönen na quarta colocação, enquanto Daniel Ricciardo fechava o top-5 com a Renault. Alexander Albon, da Toro Rosso, também aparecia bem, em sexto.

E provando a ótima forma da Mercedes, Hamilton deixou as Ferrari para trás ao marcar 1min17s655, ainda com os pneus médios, superando Vettel por exatos 0s6, enquanto Leclerc ficava a 0s666 do tempo do pentacampeão. Também com os médios, Max Verstappen vinha um pouco mais atrás e, depois da sua primeira volta rápida, aparecia na quarta colocação, seguido por Daniil Kvyat, com uma Toro Rosso que fazia um bom papel nesta manhã.
Toro Rosso e Haas andaram bem no terceiro treino livre (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
Em seguida, contudo, Kvyat foi superado por Kevin Magnussen, com uma Haas que também vem andando muito bem no fim de semana, e por Pierre Gasly, este usando os pneus médios. Mas em seguida, o russo encaixou outra volta boa para voltar à sexta colocação. Só que o francês da Red Bull veio em seguida para melhorar seu tempo e subir para a quinta posição.

Pouco depois, quem surpreendeu foi a outra Toro Rosso, de Albon, que subiu para a quarta colocação, a menos de 1s do tempo registrado por Hamilton. O tailandês deixou para trás a dupla da Red Bull, Verstappen e Gasly, Magnussen e Kvyat, sendo superado apenas por Lewis, Vettel e Leclerc. Grande participação da equipe de Faenza nesta manhã.

A Mercedes conseguiu trabalhar para levar Bottas de volta à pista quando restavam 16 minutos para o fim da sessão. O líder do campeonato partiu para marcar seu primeiro tempo do dia usando pneus macios e tinha todas as condições de bater a marca de Hamilton. E não deu outra: o finlandês cravou 1min17s291 para superar Hamilton em 0s364.
Charles Leclerc foi quem mais se aproximou da Mercedes de Hamilton nesta manhã (Foto: AFP)
Só que a Mercedes não estava de todo garantida na frente. Isso porque a Ferrari mandou seus pilotos de volta à pista com um novo jogo de pneus macios. Foi então que Leclerc marcou 1min17s099 para liderar a sessão. O treino esquentou nos minutos finais, com os quatro carros mais rápidos ao mesmo tempo na pista com simulações de classificação. 

Vettel perdeu tempo no fim e subiu para terceiro. Quem brilhou mesmo foi Hamilton com uma volta voadora: 1min16s568, abrindo 0s531 para a melhor Ferrari, de Leclerc. Bottas, na sequência do seu stint, não conseguiu se aproximar do tempo do companheiro de equipe e ficou em terceiro, entre Leclerc e Vettel. E a dupla da Haas, com Grosjean à frente de Verstappen, fazia as vezes de terceira força, superando a Red Bull.

Já nos minutos finais, George Russell provocou a segunda bandeira vermelha ao rodar e ficar na caixa de brita na curva 4. Na prática, foi o fim da sessão marcada pelo novo domínio da Mercedes em Barcelona.



F1 2019, GP da Espanha, Barcelona, treino livre 3:

1 L HAMILTON Mercedes 1:16.568   14
2 C LECLERC Ferrari 1:17.099 +0.531 16
3 V BOTTAS Mercedes 1:17.123 +0.555 9
4 S VETTEL Ferrari 1:17.172 +0.604 15
5 R GROSJEAN Haas Ferrari 1:17.192 +0.624 15
6 K MAGNUSSEN Haas Ferrari 1:17.530 +0.962 15
7 M VERSTAPPEN Red Bull Honda 1:17.558 +0.990 12
8 A ALBON Toro Rosso Honda 1:17.864 +1.296 16
9 K RÄIKKÖNEN Alfa Romeo Ferrari 1:17.969 +1.401 17
10 C SAINZ JR McLaren Renault 1:18.003 +1.435 17
11 D KVYAT Toro Rosso Honda 1:18.105 +1.537 17
12 N HÜLKENBERG Renault 1:18.350 +1.782 17
13 S PÉREZ Racing Point Mercedes 1:18.656 +2.088 12
14 P GASLY Red Bull Honda 1:18.693 +2.125 12
15 L STROLL Racing Point Mercedes 1:18.734 +2.166 16
16 A GIOVINAZZI Alfa Romeo Ferrari 1:18.740 +2.172 14
17 D RICCIARDO Renault 1:18.974 +2.406 14
18 L NORRIS McLaren Renault 1:19.007 +2.439 14
19 G RUSSELL Williams Mercedes 1:19.421 +2.853 16
20 R KUBICA Williams Mercedes 1:20.570 +4.002 18
    Tempo 107% 1:21.928 +5.360  
           
REC L HAMILTON Mercedes 1:16.173 12/05/2018  
MV D RICCIARDO Red Bull TAG Heuer 1:18.441 13/05/2018  


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.